Quem somos

Associação missão visão e valores

A ASSOCIAÇÃO
A Associação Rio Memórias é uma organização sem fins lucrativos que tem por finalidade a promoção da cultura, defesa e conservação do patrimônio histórico e artístico, mediante a difusão da história e cultura da Cidade do Rio de Janeiro, bem como a promoção de projetos e atividades relacionadas à educação.

MISSÃO
Registrar, valorizar e divulgar a história da cidade do Rio de Janeiro, provocando a reflexão sobre o passado para a promoção de um futuro melhor.

VISÃO
Ser o espaço de referência para entender a cidade do Rio, sua história, sua cultura e ser um agente indutor de transformação, para repensar a relação entre cidadão e cidade.

VALORES
Excelência no que fazemos, Respeito pelo próximo, Repúdio a qualquer forma de preconceito, Preservação do Patrimônio e da Natureza que constituem o espaço urbano carioca.

Diretoria e Administrativo

Lívia de Sá Baião

Diretora geral

Economista, mestre e doutora em literatura pela PUC Rio. Trabalhou durante 30 anos como executiva de empresas (Light, Enel e ABRADEE), é fundadora e diretora do museu virtual Rio Memórias e conselheira do Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro.

Maria Amélia M. P. Leão Teixeira

Diretora financeira

Economista, com MBA Executivo e MBA Marketing pela COPPEAD/UFRJ. Atuou como executiva da área financeira em empresas de médio e grande porte durante 30 anos (Aracruz, ATL, Intelig). Antes de se dedicar ao projeto Rio Memórias, foi Co-Presidente da Conspiração Filmes, onde atuou por 8 anos.

Maria Luísa Paranaguá

Diretora de comunicação

Sócia fundadora da MobCom, está à frente da agência há mais de 20 anos e tem vasta experiência em comunicação estratégica para B2B. É formada em comunicação na PUC-Rio e pós-graduada em Marketing pelo IAG-PUC-Rio, com passagens pela Provarejo Propaganda e Comunicação Contemporânea, atendeu grandes clientes como Mesbla, Cascais Shopping, Reebok no Brasil. Suas paixões são viajar e mergulhar.

Fabíola Higino

Produtora Executiva

Formada em Turismo e Hotelaria, há 17 anos atua em produção executiva de eventos, artístico e audiovisual. Trabalhou na Funarte – MINC por 5 anos, onde adquiriu experiência em gestão e avaliação de projetos culturais e, principalmente, em avaliação de viabilidade das propostas recebidas através de editais. Tem domínio de planejamento de grandes eventos – corporativos e particulares – e da realização. Sua passagem pelo audiovisual inclui a produção dos programas de culinária Bela Cozinha e Tempero de Família, ambos no GNT. Além disso, como entusiasta do mundo da música, já produziu diversos shows de MPB e Samba, sua principal paixão.

Anna Cotia

Formada em Publicidade. Inicou a carreira na área bancária comercial o que ajudou a desenvolver habilidades de comunicação empresarial. Trabalhou por 3 anos no Instituto PROA no desenvolvimento e produção do game PROACOINS. Atua no Rio Memórias como assistente de produção.

Joanna Patroclo

Museóloga

Graduada e mestre em Museologia e Patrimônio pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, especialista em Divulgação e Popularização da Ciência pela Fundação Oswaldo Cruz e estou cursando um MBA em Inovação em Unidades de Informação pela UFSCar – Universidade Federal de São Carlos.

Curadores

Andrea França

Professora associada do departamento de Comunicação Social da PUC-Rio. Mestre e doutora em Comunicação e Cultura pela ECO/UFRJ com pós-doutorado na University of Reading. Tem artigos e livros publicados sobre cinema contemporâneo, documentário, arquivo e produção audiovisual. É curadora da galeria Rio Cinético e diretora dos curtas-metragens.

Antônio Edmilson

Historiador, professor associado da PUC Rio e professor adjunto da Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Tem experiência na área de História, com ênfase em História do Brasil, atuando principalmente nos seguintes temas: Rio de Janeiro, cultura urbana, modernidade, cultura moderna e cidades. É autor de diversos livros sobre a história do Rio como “João do Rio: a cidade e o poeta”,  “Confeitaria Colombo: sabores de uma cidade”, “Nair de Teffé: vidas cruzadas”.

Danilo Marques

Professora associada do departamento de Comunicação Social da PUC-Rio. Mestre e doutora em Comunicação e Cultura pela ECO/UFRJ com pós-doutorado na University of Reading. Tem artigos e livros publicados sobre cinema contemporâneo, documentário, arquivo e produção audiovisual. É curadora da galeria Rio Cinético e diretora dos curtas-metragens.

Frederico Coelho

Frederico Coelho é historiador, ensaísta, pesquisador e professor. Doutor em Literatura pela PUC-Rio, integra o Núcleo de Estudos em Literatura e Música (Nelim) dessa universidade, onde também é professor do Departamento de Letras. É autor dos livros Eu, brasileiro, confesso minha culpa e meu pecado (2010) e A semana sem fim – Celebrações e memória da Semana de Arte Moderna de 1922 (2012). Em 2009, criou o blog Objeto sim objeto não, para o qual escreve regularmente.

Heloisa Starling

Historiadora, cientista política e professora titular-livre da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) onde dirige o centro de pesquisas Projeto República. É autora de Os senhores das Gerais (1986), Brasil: Uma biografia (2015), com Lilia Moritz Schwarcz, República e democracia: Impasses do Brasil contemporâneo (2017) e Ser republicano no Brasil colônia (2018), entre outros.

Joaquim Marçal

Doutor em história social, é professor nos departamentos de Artes & Design e de Arquitetura e Urbanismo da PUC-Rio e no curso de pós-graduação Fotografia e Imagem, da UCAM. É autor de textos sobre a história da fotografia e do design, de livros como História da fotorreportagem no Brasil: a fotografia na imprensa do Rio de Janeiro de 1839 a 1900 , curador de exposições como “Sebastião Salgado – territoires et vies” (Biblioteca nacional de França, 2005) e perito judicial em fotografia e artes gráficas.

Luiz Antonio Simas

Luiz Antonio Simas é carioca, filho de mãe pernambucana e pai catarinense. É professor, historiador, escritor, educador e compositor, com trinta anos de experiência em sala de aula. É bacharel, licenciado e mestre em História Social pelo Instituto de Filosofia e Ciências Sociais da Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Luiz Rufino

Desenvolve pesquisas sobre culturas brasileiras e tem nas esquinas, rodas, ruas, brincadeiras e matas suas principais fontes de interlocução. É professor da Faculdade de Educação da Baixada Fluminense (Febf) da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj) e autor de diversos livros, entre eles “Pedagogia das Encruzilhadas” (Mórula, 2019) e “Fogo no Mato: a ciência encantada das macumbas” (Mórula, 2018) e “Flecha no Tempo” (Mórula, 2019), ambos em parceria com o historiador Luiz Antonio Simas.

Mario Brum

Professor de Teoria e Ensino de História da Uerj, tem mestrado e doutorado em História pela UFF. Realizou estágio de pós-doutorado em Planejamento Urbano pelo Ippur/UFRJ e em Educação pela Uerj. É autor do livro Cidade Alta (Ponteio, 2012) e de artigos e capítulos sobre questões urbanas, memória e Ensino de História. É pesquisador associado ao INCT/Proprietas, ao Imam/UFRJ e ao Leddes/Uerj.

Monica Lima

Doutora em História pela Universidade Federal Fluminense (2007), Mônica Lima e Souza é professora associada do setor de história da África, no Instituto de História da UFRJ. É vice-decana do Centro de Filosofia e Ciências Humanas da UFRJ. Suas pesquisas se desenvolvem no âmbito da história da África no século XIX; do abolicionismo, em perspectiva atlântica; das relações Brasil e África, nos séculos XVIII e XIX.

Rafael Freitas

Jornalista e mestre em Comunicação e Cultura pela ECO|UFRJ, onde também cursou Rádio e TV. Trabalha na TV Globo desde 1998 e, a partir de 2004, realiza produção de reportagens no programa Esporte espetacular. Viajou por todo o Brasil e já cobriu várias Copas do Mundo e Jogos Olímpicos. Publicado nos 450 anos da cidade do Rio de Janeiro, seu primeiro livro, O Rio antes do Rio, já na 5ª edição, foi a inspiração para o enredo da Portela no Carnaval em 2020 e indicado como um dos 200 livros mais importantes para entender o Brasil (seleção Folha de S.Paulo e Projeto República/UFMG). Também é autor da biografia Arariboia – O indígena que mudou a História do Brasil (2022).

Rafael Mattoso

Mestre em História Comparada pelo PPGHC/UFRJ (2009) e Doutorando do Programa de Pós-Graduação em Urbanismo do PROURB/UFRJ. Professor do Curso de Licenciatura em História da UNISUAM, da Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio (EPSJV/Fiocruz) e da Secretaria de Estado e Educação do Rio de Janeiro (SEEDUC/RJ). Colunista da VEJA Rio e da Rádio Roquette Pinto. Organizador dos Diálogos Suburbanos e do Viradão Cultural Suburbano.

Pesquisadores

Davi Aroeira Kacowicz

Mestre em História pela Universidade Federal de Minas Gerais, pesquisador, educador, produtor de conteúdo e divulgador de conhecimento nas redes sociais.

Gabriela Montoni

Formada em história pela UFRJ, pós graduada em Educação das Relações Étnico-raciais no Ensino Básico pelo colégio Pedro II, pesquisadora do Rio Memórias, apresentadora do podcast Rio Memórias e professora no Núcleo Independente e Comunitário de Aprendizagem (NICA – Jacarezinho).

Oficinas e Passeios

William Melo

Coordenador Pedagógico

Professor de Ciências e Biologia na Rede Municipal de Educação de Maricá/RJ, coordenador pedagógico no Rio Memórias, formado pela Universidade Federal do Rio de Janeiro e Doutor em Educação no Laboratório de Pesquisa em Oportunidades Educacionais (LaPOpE/UFRJ). Criador da #ciênciadoafeto (metodologia baseada em evidências científicas para elevação do clima escolar positivo com foco na perspectiva antirracista, para a reconstrução de expectativas e maximização dos potenciais de jovens negros, sobretudo meninos). Fundador e CEO da Educação com Evidências, uma iniciativa voltada para orientar escolas pública com ações educacionais baseadas em boas evidências científicas. Atualmente faz parte do Conselho da Cidade da Prefeitura do Rio de Janeiro.

Nayara Santos

Licenciada e Bacharel em História (UFRJ). Mestranda em História, Política e Bens Culturais (CPDOC/FGV). Auxiliar de Projetos no Centro de Memória do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (CDM/MPRJ). Membro do Conselho Editorial da Revista Mosaico (CPDOC/FGV). Colaboradora na condição de oficineira no projeto Rio dos Estudantes (Rio Memórias).

Evelyn Beatriz

Possui Bacharelado e Licenciatura em História (UFRJ). Mestra em Ensino de História (PPGEH-UFRJ e doutoranda em Educação (PPGE-UFRJ). Atualmente é professora na Educação Básica da rede municipal de São Gonçalo e colaboradora em oficinas pedagógicas do projeto Rio dos Estudantes ligado ao Rio Memórias.

Fabiano Lima

Professor, Historiador e Mestre em Educação pela UFRJ. Pesquisa desigualdades nas oportunidades educacionais, e metodologias do Ensino de História. Professor de disciplinas de Filosofia e Ciências Humanas em escolas privadas. Graduando em Pedagogia pela UFRJ. Colaborador em Oficinas sobre História Local no RioMemórias.

Maui

Maui é poeta, cantor, educador popular, e produtor audiovisual. Nascido e criado em Duque de Caxias na baixada Fluminense utiliza de todas as linguagens ao seu alcance para representar as pluralidades da juventude negra e periferica. É criador e apresentador do Slam BXD, batalha de poesia em Duque de Caxias que acontece desde 2018. Em 2019 passou a integrar o coletivo Poetas vivos, coletivo nacional de poetas e educadores populares que realiza apresentações, palestras e oficinas em diversas instituições de ensino pelo país. Atualmente ministra a oficina Rio dos estudantes na pela ong Rio memórias em escolas públicas do estado do Rio de Janeiro.

4-Ó

Cláudio Diniz, conhecido como 4-Ó, é filho de dois imigrantes paraibanos e morador da Favela Asa Branca em Jacarepaguá. Coordenador da Rede de Slams RJ, a qual organiza o circuito do Campeonato Estadual de Poesia Falada, o Slam RJ, também é membro da Universal Zulu Nation pelo capítulo Atcon Zulu Chapter. É Slammaster dos Slams NósdaRUA e Veia Aberta, e possui formação de licenciatura em história (cursando). É escritor, poeta, compositor, ator e produtor cultural independente, e trabalha com Hip Hop desde os seus 14 anos de idade. É educador popular desde os 18 anos, quando iniciou o projeto Oficinas do Slam Veia Aberta, que produz oficinas de escrita criativa, poesia falada, e reforço escolar.

Jorge Maia

Nascido e criado na zona sul de São Paulo, no bairro do Capão Redondo. É historiador e professor de História pela UFRJ, mestre em Educação e agora realiza seu doutorado também em Educação pela mesma instituição. Integrou o Laboratório de Estudos Africanos da UFRJ, Leáfrica, entre 2013 e 2015 e também fez parte da equipe de colaboradores do IPEAFRO entre 2015 e 2017. Atualmente é pesquisador do Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação Antirracista (GEPEAR-UFRJ), desenvolvendo trabalhos acadêmicos e pedagógicos no campo da educação para as relações étnico-raciais. Jorge também é poeta, contista, roteirista audiovisual e integra o grupo de teatro e percussão corporal “Tuc Boys” desde 2007 até a atualidade.

Estatuto

Ficha técnica

A ASSOCIAÇÃO

Conselho Fiscal
Ricardo Levy
César do Monte Pires
Cláudio de Medeiros Ribeiro Martins

Coordenação
Antônio Edmilson Martins Rodrigues (PUC Rio)
Heloisa Starling (UFMG – Projeto República)

Supervisão
Rafael Cruz e Danilo Marques (Projeto República)

DEMAIS PESQUISADORES

PUC Rio
Luciene Carris, Nathalia Lepsch e Thaís Nascimento (estagiária)

Projeto República
Bruno Viveiros
Bárbara Ahouagi
Davi Kacowicz
Helena Gomes
José Antônio Queiroz
Júlia Kern Castro
Marcela Telles
Maria Cecilia Carvalho
Pauliane Braga
Stella Gontijo
Wilkie Antunes
Juliana Soares
Marlon Marcelo
Marcus Vinicius Lage

Edição de texto
Juliana Krapp
Natália von Korsch
Luciana Figueiredo

Podcasts
Rodrigo Alves (coordenação e roteiro)
Thales Ramos (supervisão de roteiro)
Jamille Bullé (produção)
Clara Costa (edição e sonorização)
Gabriel Falcão (trilha sonora original)
Gabriela Montoni (locução)

Gravuras
Alcides Oliveira (desenhista e historiador)

VÍDEOS/FILMES

Rio em Movimento
Felipe Castro

Rio Cinético
Andrea França, Patrícia Machado e Arthur Naar

Comunicação
Mobcom

Site

Retina – desing e editora

Julian Tamancoldi

Yogh

ASSESSORIA JURÍDICA
Gouvêa Vieira Advogados
Gavinho, Campos & Amaral Advocacia

Patrocínios

Logo da Lei de Incentivo à CulturaLogo NorsulLogo Btg PactualLogo Kasznar LeonardosLogo Adam CapitalLogo Rio PrefeituraLogo Secretaria de Cultura e Economia Criativa

Parceiros

Logo PUC RioLogo Projeto República UFMGLogo MobcomLogo Museu de Arte Moderna Rio de Janeiro

Realização

Logo Rio MemóriasLogo Baluarte CulturaLogo MINC Governo Federal
Pular para o conteúdo