O adeus do rei Pelé

O adeus do rei Pelé (29/12/2022)

Considerado o atleta do século XX e o brasileiro mais celebrado e conhecido da história, Pelé faleceu aos 82 anos. Em sua homenagem, um dos acessos ao Maracanã foi rebatizado com o nome de Avenida Rei Pelé

Morre Nélida Piñon

Morre Nélida Piñon (17/12/2022)

A premiada escritora carioca, primeira a presidir a Academia Brasileira de Letras, faleceu aos 85 anos em Lisboa.

Parada do Orgulho LGBTQIAP+ volta às ruas do Rio

Parada do Orgulho LGBTQIAP+ volta às ruas do Rio (27/11/2022)

Após dois anos de interrupção, por conta da pandemia, a festa voltou a ocupar a Avenida Atlântica, em Copacabana.

A despedida de Erasmo Carlos

A despedida de Erasmo Carlos (22/11/2022)

Conhecido como Tremendão desde os tempos da Jovem Guarda, um dos pais do rock nacional morreu no Rio de Janeiro, aos 81 anos.

Navio a deriva bate na ponte Rio-Niterói

Navio a deriva bate na ponte Rio-Niterói (14/11/2022)

Navio São Luiz, com 244m de extensão, estava atracado e abandonado desde 2016. Acidente ligou alerta sobre outras embarcações em situação semelhante

Morre Gal Costa

Morre Gal Costa (09/11/2022)

Uma das maiores vozes da música brasileira e ícone da Tropicália e da contracultura (marcadamente nas "Dunas da Gal", em Ipanema), a baiana Gal Costa faleceu aos 77 anos.

Lula é eleito Presidente da República

Lula é eleito Presidente da República (30/10/2022)

Enquanto os eleitores de Luiz Inácio Lula da Silva ainda comemoravam a vitória no pleito, centenas de bolsonaristas, inconformados com a derrota, fecharam rodovias pelo Rio de Janeiro, clamando a anulação do resultado.

Claudio Castro é reeleito governador do Rio de Janeiro

Claudio Castro é reeleito governador do Rio de Janeiro (02/10/2022)

Claudio Castro (PL) venceu a disputa para o governo do estado logo no primeiro turno, com 58,6% dos votos. Ele havia herdado o cargo após o afastamento de Wilson Witzel, em abril de 2021.

Rio de Janeiro elege primeira deputada estadual transexual

Rio de Janeiro elege primeira deputada estadual transexual (02/10/2022)

A roteirista e doutora em Ciência da Literatura, Dani Balbi (PCdoB) conquista uma cadeira na Alerj e se torna a primeira pessoa trans a ocupar o cargo no estado.

Os 200 anos de independência em tom de eleição 

Os 200 anos de independência em tom de eleição  (07/09/2022)

O que era para ser uma festa de todos os brasileiros, o bicentenário de nossa independência foi utilizado como um comício para a reeleição do presidente, Jair Bolsonaro, que discursou para uma multidão em Copacabana.

Reinauguração do Museu Nacional

Reinauguração do Museu Nacional (02/09/2022)

Exatamente quatro anos após ser consumido por um incêndio devastador, o Museu Nacional, com seu jardim e fachadas externas restauradas, é reaberto para visitação externa.

Gabriel Monteiro tem mandato cassado

Gabriel Monteiro tem mandato cassado (18/08/2022)

Por 48 votos a 2, a Câmara do Rio cassou o mandato do vereador do PL, ex-PM e youtuber. Gabriel Monteiro foi acusado de assédio e pedofilia.

Morre Jô Soares

Morre Jô Soares (05/08/2022)

Humorista, autor de mais de 300 personagens e figura unânime na televisão brasileira, Jô Soares faleceu em casa, aos 84 anos.

Confronto no Alemão acaba em 18 mortos

Confronto no Alemão acaba em 18 mortos (22/07/2022)

Moradores relatam abuso policial, como invasão de casas e agressões generalizadas contra a população.

Morre Sergio Paulo Rouanet

Morre Sergio Paulo Rouanet (03/07/2022)

Diplomata, ex-ministro e imortal da ABL, o criador da lei de incentivo à cultura faleceu no Rio de Janeiro, aos 88 anos.

Nova chacina na Vila Cruzeiro

Nova chacina na Vila Cruzeiro (24/05/2022)

Operação conjunta das Polícia Militar e Polícia Rodoviária Federal na Zona Norte do Rio de Janeiro resultou na morte de ao menos 25 moradores.

Carnaval volta à Sapucaí

Carnaval volta à Sapucaí (20/04/2022)

Após dois anos sem receber os desfiles da escola de samba, a avenida volta a ser palco do espetáculo. A vencedora foi a Grande Rio, campeã pela primeira vez, com um enredo exaltando Exu.

Deputado federal Daniel Silveira é condenado pelo STF

Deputado federal Daniel Silveira é condenado pelo STF (20/04/2022)

O parlamentar recebeu pena de 8 anos de prisão por ataques à democracia. O presidente Jair Bolsonaro concedeu indulto ao aliado, ampliando a crise entre os poderes.

Fernanda Montenegro assume cadeira na ABL

Fernanda Montenegro assume cadeira na ABL (25/03/2022)

Aos 93 anos, a carioca se torna a primeira atriz a ocupar uma cadeira na Academia Brasileira de Letras.

Anitta chega ao #1 das paradas

Anitta chega ao #1 das paradas (25/03/2022)

Reggaeton “Envolver”, lançado em novembro de 2021, alcança o primeiro lugar das mais ouvidas do mundo, segundo a plataforma Spotify. A cantora carioca foi a primeira brasileira a alcançar o feito.

Temporal deixa centenas de mortos em Petrópolis

Temporal deixa centenas de mortos em Petrópolis (15/02/2022)

O pior temporal em 90 anos na cidade destruiu o município fluminense. 233 pessoas morreram e milhares ficaram desabrigadas.

Operação policial na Vila Cruzeiro deixa 8 mortos

Operação policial na Vila Cruzeiro deixa 8 mortos (11/02/2022)

A Força Tarefa no complexo da Penha contou com a presença da Polícia Rodoviária Federal, que passou a integrar as ações de repressão nas favelas cariocas.

Moïse Kabagambe é assassinado

Moïse Kabagambe é assassinado (24/01/2022)

O imigrante congolês foi brutalmente assassinado na Barra da Tijuca, após cobrar uma dívida de trabalho. O caso é representativo dos dramas do racismo e violência no Rio de Janeiro.

Morre Elza Soares

Morre Elza Soares (20/01/2022)

Dona de uma das maiores vozes da história da música brasileira, a cantora faleceu aos 91 anos de idade, no Rio de Janeiro.

Réveillon em Copacabana

Réveillon em Copacabana (01/01/2022)

Após dois anos de interrupção provocada pela pandemia de Covid-19, uma das festas de ano novo mais famosas do mundo é enfim retomada

Parque Madureira ganha nome de Mestre Monarco

Parque Madureira ganha nome de Mestre Monarco (24/12/2021)

O prefeito Eduardo Paes inaugurou a placa que homenageia o sambista, ao som da bateria da Portela, no dia 24/12.

Morre Monarco, presidente de honra da Portela

Morre Monarco, presidente de honra da Portela (11/12/2021)

Um dos maiores símbolos do samba, aos 88 anos Monarco não resistiu às complicações de uma cirurgia no intestino.

Cassação do mandato da ex-deputada Flordelis

Cassação do mandato da ex-deputada Flordelis (11/08/2021)

Acusada de mandante do assassinato do próprio marido, Flordelis teve prisão decretada após 48h da cassação.

Aos 96 anos, morre no Rio o sambista Nelson Sargento

Aos 96 anos, morre no Rio o sambista Nelson Sargento (27/05/2021)

Presidente de honra da Mangueira, o sambista foi diagnosticado com Covid-19 quando já estava internado no Instituto Nacional do Câncer.

Operação da Polícia Civil deixa 29 mortos no Jacarezinho

Operação da Polícia Civil deixa 29 mortos no Jacarezinho (06/05/2021)

Mesmo com a determinação de suspensão de operações durante a pandemia pelo STF, operação se tornou a chacina mais letal da história do estado do Rio de Janeiro

Morre o humorista Paulo Gustavo

Morre o humorista Paulo Gustavo (04/05/2021)

Um dos humoristas mais admirados do país, Paulo Gustavo morreu no Rio, aos 42 anos, vítima de Covid-19.

Tribunal aprova por unanimidade Impeachment do governador Wilson Witzel

Tribunal aprova por unanimidade Impeachment do governador Wilson Witzel (30/04/2021)

Afastado do cargo desde agosto de 2020, Witzel fica inelegível por 5 anos.

Zoológico do Rio reabre como Bioparque

Zoológico do Rio reabre como Bioparque (18/03/2021)

Antigo Jardim Zoológico, localizado na Quinta da Boa Vista, o Bioparque oferece maior interação do público com os animais

Morre o menino Henry Borel, aos 4 anos de idade

Morre o menino Henry Borel, aos 4 anos de idade (08/03/2021)

Acusados pelo assassinato, o ex-vereador Dr. Jairinho - padrasto do garoto - e a mãe, Monique Medeiros, foram presos em abril.

Prefeitura do Rio cancela o carnaval

Prefeitura do Rio cancela o carnaval (15/02/2021)

A fim de conter o avanço da pandemia de Covid-19, o prefeito Eduardo Paes cancela o carnaval de 2021.

Programa de imunização contra Covid-19 é iniciado com vacinação aos pés do Cristo

Programa de imunização contra Covid-19 é iniciado com vacinação aos pés do Cristo (18/01/2021)

Moradoras do Rio, Dulcinéia da Silva, e Terezinha da Conceição são as primeiras pessoas vacinadas em cerimônia simbólica, aos pés do Cristo Redentor.

Marcelo Crivella é preso no Rio

Marcelo Crivella é preso no Rio (22/12/2020)

Suspeito de corrupção, prefeito foi preso em ação conjunta entre a Polícia Civil e o MP do Rio de Janeiro. No dia seguinte, a prisão foi convertida em domiciliar.

Rio cancela festas de Réveillon

Rio cancela festas de Réveillon (15/12/2020)

Por conta da pandemia de Covid-19, prefeitura cancela todas as festas oficiais de Ano Novo em pontos turísticos da cidade.

STJ afasta Wilson Witzel do Governo do Estado do Rio

STJ afasta Wilson Witzel do Governo do Estado do Rio (01/08/2020)

Por decisão do Supremo Tribunal de Justiça, governador eleito em 2018 é afastado do cargo por 180 dias, acusado de corrupção.

Decretada quarentena por conta do novo Coronavírus

Decretada quarentena por conta do novo Coronavírus (14/03/2020)

Organização Mundial da Saúde (OMS) classifica o proliferação do vírus como pandemia e município do Rio entra em quarentena em março de 2020.

Crise no abastecimento de água da CEDAE

Crise no abastecimento de água da CEDAE (01/01/2020)

População do Rio é obrigada a beber água com cheiro e gosto de terra.

Desabamento de prédios na comunidade do Muzema

Desabamento de prédios na comunidade do Muzema (12/04/2019)

Dois prédios desabam em Muzema, área controlada por milícias na Zona Oeste do Rio, e deixam 24 mortos

No balanceio do samba e do choro

No balanceio do samba e do choro (01/01/2019)

tarde do sábado de carnaval, morre Alfredinho, dono do Bar Bip-Bip, tradicional reduto do samba no bairro de Copacabana

Mangueira é campeã do carnaval 2019 com samba-enredo marcado por forte crítica social

Mangueira é campeã do carnaval 2019 com samba-enredo marcado por forte crítica social (01/01/2019)

A escola foi campeã com o samba-enredo “História para ninar gente grande”, que contava a história silenciada do Brasil, terminando o desfile com uma homenagem à vereadora assassinada Marielle Franco.

Governador Luiz Fernando Pezão é preso

Governador Luiz Fernando Pezão é preso (29/11/2018)

Por volta das 6h do dia 19 de novembro de 2018, força-tarefa da Lava Jato dá voz de prisão ao governador no Palácio das Laranjeiras, por suspeita de participação em esquema de propina.

Museu Nacional

Museu Nacional (02/09/2018)

Na noite do dia 2 de Setembro de 2018, um incêndio de grandes proporções tomou conta do Museu Nacional, na Quinta da Boa Vista, gerando uma perda irreparável para a ciência mundial.

Marielle Franco

Marielle Franco (14/03/2018)

Em 14 de março de 2018, Marielle Franco – cria da favela da Maré e quinta vereadora mais votada em 2016 – e seu motorista, Anderson Gomes, são executados em uma emboscada. O caso ganha repercussão internacional.

Caso Matheusa Passarelli

Caso Matheusa Passarelli (01/01/2018)

Estudante que se identificava como não-binário e militante da causa LBTQI+ é executada por traficantes no Morro do 18 após passar por “tribunal”.

Intervenção Federal no Rio de Janeiro

Intervenção Federal no Rio de Janeiro (01/01/2018)

Forças Armadas assumem comando das Polícias Civil e Militar

São encontrados os alicerces da Igreja São Joaquim

São encontrados os alicerces da Igreja São Joaquim (01/01/2018)

Casa Cruz

Casa Cruz (06/09/2017)

A Casa Cruz era uma tradicional rede de papelarias localizadas na cidade do Rio de Janeiro e Niterói. Fundada em 06 de dezembro de 1893, fechou definitivamente suas portas em 2017.

Crise atinge a UERJ

Crise atinge a UERJ (01/01/2017)

Acordo de recuperação fiscal do Rio de Janeiro é homologado. Crise atinge a Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ), que paralisa suas aulas por tempo indeterminado.

Ex-governador Sérgio Cabral é preso

Ex-governador Sérgio Cabral é preso (16/11/2016)

Na manhã de 17 de novembro de 2016, o ex-governador do Rio, Sérgio Cabral, é preso pela Polícia Federal, suspeito de receber propina para concessão de obras públicas. Meses depois, a operação prende o empresário Eike Batista

Inauguração do VLT

Inauguração do VLT (05/06/2016)

No dia 5 de junho de 2016 é inaugurado o sistema Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) no centro do Rio.

Olimpíadas das Remoções

Olimpíadas das Remoções (18/05/2016)

É fundado o Museu das Remoções na Vila Autódromo, região mais atingida pelas remoções feitas para as olimpíadas Rio 2016.

Ocupação do MinC

Ocupação do MinC (16/05/2016)

Movimentos sociais e classe artística ocupam o Palácio Capanema em favor da manutenção do Ministério da Cultura.

Jornal do Commercio

Jornal do Commercio (29/04/2016)

Em atividade desde 1 de outubro de 1827, o Jornal do Commercio promove a circulação de sua última edição.

Cai a ciclovia Tim Maia

Cai a ciclovia Tim Maia (21/04/2016)

Três meses depois de inaugurada, fortes ondas atingem a ciclovia, um trecho cai e duas pessoas morrem.

Inauguração do Museu do Amanhã

Inauguração do Museu do Amanhã (17/12/2015)

Em 17 de dezembro de 2015 é inaugurado o Museu do Amanhã, ao lado da Praça Mauá na zona portuária.

Chacina de Costa Barros

Chacina de Costa Barros (28/11/2015)

Cinco Jovens que voltavam de uma comemoração, Roberto, Carlos, Eduardo, Cleiton, Wilton e Wesley – todos moradores do Morro da Lagartixa –, foram brutalmente assassinados com 111 tiros por 4 policiais.

Restaurante 28

Restaurante 28 (01/01/2015)

Depois de 105 anos abertas, fecharam-se as portas do Restaurante 28 – antigo Pastoria e patrimônio cultural da cidade desde 2011.

Comemoração dos 450 anos da cidade do Rio de Janeiro

Comemoração dos 450 anos da cidade do Rio de Janeiro (01/01/2015)

Dream Team do Passinho lança o clipe “Todo Mundo Aperta o Play”

Dream Team do Passinho lança o clipe “Todo Mundo Aperta o Play” (01/01/2015)

O vídeo alcança 1 milhão de visualizações em poucos dias.

Realização da Copa do Mundo no Brasil

Realização da Copa do Mundo no Brasil (01/07/2014)

A final ocorre no estádio do Maracanã

Caso Cláudia Silva Ferreira

Caso Cláudia Silva Ferreira (16/03/2014)

Moradora do Morro da Congonha, na zona norte do Rio, morre após ser baleada e arrastada por uma viatura em operação da Polícia Militar, no dia 16 de março de 2014.

Capoeira

Capoeira (01/01/2014)

Em 2014, a capoeira foi reconhecida pela Unesco como Patrimônio Cultural Imaterial do Brasil.

Realização da Jornada Mundial da Juventude

Realização da Jornada Mundial da Juventude (23/07/2013)

Com a presença do Papa Francisco, é realizada a XXVIII Jornada Mundial da Juventude, reunindo jovens católicos do mundo inteiro na Praia de Copacabana entre os dias 23 e 28 de julho de 2013.

Amarildo

Amarildo (14/07/2013)

Ajudante de pedreiro Amarildo de Souza desaparece após ser levado à sede da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) na Rocinha. O caso ganhou repercussão nacional. Em 2019, 4 de 12 policiais militares condenados são absolvidos

Protestos de junho de 2013

Protestos de junho de 2013 (01/06/2013)

Onda de manifestações toma as ruas do centro do Rio. O que começou como uma reação ao aumento das passagens de ônibus, tomou proporções de revolta política.

Inauguração do Museu de Arte do Rio

Inauguração do Museu de Arte do Rio (01/03/2013)

O antigo Palacete de D. João VI é restaurado e reinaugurado, no dia 1º de março de 2013, como o Museu de Arte do Rio (MAR).

Elevado da Perimetral

Elevado da Perimetral (01/01/2013)

Inaugurado em 1978, Elevado da Perimetral é demolido entre 2013 e 2014.

“Desculpe atrapalhar o silêncio de sua viagem”

“Desculpe atrapalhar o silêncio de sua viagem” (01/01/2012)

Vendedores ambulantes tornam-se Patrimônio Cultural e Imaterial do Rio de Janeiro.

“Rei do Passinho” é assassinado

“Rei do Passinho” é assassinado (01/01/2012)

Gualter Damasceno Rocha, o Gambá, um dos maiores dançarinos de Passinho, é morto e enterrado como indigente.

Inauguração da primeira fase do BRT

Inauguração da primeira fase do BRT (01/01/2011)

A primeira fase do transporte que opera por meio de um corredor exclusivo liga o terminal Alvorada, na Barra da Tijuca, ao bairro de Santa Cruz, na Zona Oeste.

Canecão

Canecão (17/10/2010)

Inaugurado em 1967, Canecão fecha as portas quando a Justiça dá ganho de causa à UFRJ, proprietária do terreno

Implementação da Unidade de Policia Pacificadora (UPP)

Implementação da Unidade de Policia Pacificadora (UPP) (19/12/2008)

Morro de Santa Marta foi a primeira comunidade a abrigar uma UPP.

Cinema Paissandu

Cinema Paissandu (01/01/2008)

Inaugurado em 1960, Cinema Paissandu fecha suas portas 48 anos depois.

A força do Batidão

A força do Batidão (01/01/2008)

Lei estadual garante ao Funk carioca a definição de movimento cultural.

Cine Palácio encerra suas atividades

Cine Palácio encerra suas atividades (01/01/2008)

Inaugurado em 1917 na Cinelândia, Cine Palácio fecha suas portas depois de quase um século de funcionamento.

Realização dos XV Jogos Pan-Americanos no Rio de Janeiro

Realização dos XV Jogos Pan-Americanos no Rio de Janeiro (01/07/2007)

Quando a praia vira palco

Quando a praia vira palco (18/02/2006)

Show dos Rolling Stones lota a praia de Copacabana

Policiais à paisana deixam 29 mortos na Baixada Fluminense

Policiais à paisana deixam 29 mortos na Baixada Fluminense (31/03/2005)

Maior chacina da história do Rio chocou o Brasil e o mundo. Os crimes ocorreram na noite de 31 de março e, segundo uma testemunha-chave, motivados pela insatisfação com a linha-dura adotada após a troca de comando da polícia

Inauguração da Cidade do Samba Joãosinho Trinta

Inauguração da Cidade do Samba Joãosinho Trinta (01/01/2005)

Área localizada no bairro de Santo Cristo abriga os barracões das escolas de samba do Grupo Especial do Rio de Janeiro.

Estação Leopoldina

Estação Leopoldina (01/01/2004)

Inaugurada em 1926, estação Barão de Mauá – mais conhecida como estação Leopoldina – tem a circulação de trens interrompida em 2004

Renúncia do Governador Anthony Garotinho

Renúncia do Governador Anthony Garotinho (01/01/2002)

Anthony Garotinho renuncia ao cargo de Governador no dia 2 de abril de 2002 para se candidatar à presidência da República. A vice-governadora, Benedita da Silva, assume o governo em seu lugar.

Sequestro do ônibus 174

Sequestro do ônibus 174 (12/06/2000)

Sequestro no dia 12 de junho de 2000 num ônibus da linha 174, planejado por Sandro Barbosa do Nascimento foi transmitido ao vivo para todo o Brasil e terminou após 5 horas, com as mortes de Sandro e da refém, Geisa Gonçalves

Revista Manchete

Revista Manchete (01/01/2000)

Lançada em 1952, depois de quase 50 anos de circulação, a Revista Manchete interrompe suas atividades, junto à falência do grupo editorial Bloch.

Cinema Parisiense é vendido

Cinema Parisiense é vendido (01/01/1999)

Antigo cinema se transforma numa Igreja Evangélica.

Lançamento do filme "Central do Brasil"

Lançamento do filme "Central do Brasil" (03/04/1998)

Do diretor Walter Salles e com Fernanda Montenegro no papel principal, Central do Brasil tem forte repercussão internacional e torna-se um dos filmes mais premiados do cinema brasileiro.

Palace II

Palace II (28/02/1998)

Desabamento do edifício Palace II

Lançamento do livro Cidade de Deus, de Paulo Lins

Lançamento do livro Cidade de Deus, de Paulo Lins (01/08/1997)

O livro serviu como inspiração para o filme de mesmo nome, lançado em 2002 e dirigido por Fernando Meirelles e Kátia Lund.

Saens Peña

Saens Peña (01/01/1997)

Cinema América é desativado

Cemitério dos Pretos Novos

Cemitério dos Pretos Novos (01/01/1996)

“Marcha pela cidadania” promove a diversidade e repúdio à intolerância

“Marcha pela cidadania” promove a diversidade e repúdio à intolerância (25/06/1995)

Em 25 de junho de 1995, uma marcha pela praia de Copacabana marcou o fim da 17ª Conferência Internacional de Gays e Lésbicas, promovida pela 1a vez na América Latina pela Associação Internacional de Gays e Lésbicas (ILGA).

Tivoli Park

Tivoli Park (01/01/1995)

Localizado na Lagoa Rodrigo de Freitas, foi inaugurado em 1973 e teve suas atividades encerradas em 1995.

Início do Programa Favela-Bairro

Início do Programa Favela-Bairro (01/01/1995)

Programa de Urbanização de Assentamentos Populares do Rio de Janeiro, conhecido como Favela-Bairro, é idealizado pelo arquiteto Luiz Paulo Conde. Seu principal objetivo é conectar as favelas aos bairros da cidade.

Show na Praia de Copacabana entra para o Guinness Book

Show na Praia de Copacabana entra para o Guinness Book (23/07/1993)

Show de Rod Stewart na Praia de Copacabana registra recorde de público em um show gratuito de rock.

Chacina da Candelária e de Vigário Geral

Chacina da Candelária e de Vigário Geral (01/01/1993)

Em 23 de julho, 8 pessoas (crianças e jovens) são mortas na Chacina da Candelária. 4 meses depois, ocorre a Chacina de Vigário Geral, quando 21 moradores foram assassinados.

Manifestação dos caras-pintadas pelo impeachment do presidente Fernando Collor

Manifestação dos caras-pintadas pelo impeachment do presidente Fernando Collor (01/01/1992)

Chacinas

Chacinas (26/06/1990)

No dia 26 de julho de 1990, onze jovens da Favela de Acari – entre os quais, sete menores – são sequestrados e desaparecidos.

Angu do Gomes

Angu do Gomes (01/01/1990)

Com a primeira carrocinha circulando em 1955, restaurante Angu do Gomes, que passou a funcionar no Largo de São Francisco da Prainha, fecha as portas e as carrocinhas são recolhidas.

O Pasquim

O Pasquim (01/01/1990)

Inaugurada em 1969, em plena ditadura militar, revista O Pasquim encerra suas atividades pouco mais de 20 anos depois, em 1990.

Supermercados Disco

Supermercados Disco (01/01/1990)

Rede de Supermercados Disco é vendida para o Grupo Paes Mendonça.

Cinema da Galeria Eskye fecha as portas

Cinema da Galeria Eskye fecha as portas (01/01/1990)

Com interior com estética art decô dos anos 1950, a Galeria Eskye ficou famosa por sua escada para o 2º andar, que abrigou desfiles de moda e por ser onde Carlos Marighella foi alvejado por um agente do DOPS em 1964.

Marcha Contra a Farsa da Abolição

Marcha Contra a Farsa da Abolição (01/01/1988)

Marcha Contra a Farsa da Abolição

Verão da lata

Verão da lata (25/09/1987)

Latas contendo 1.5kg de maconha são encontradas boiando nas praias do Rio.

Protestos contra o aumento das passagens de ônibus

Protestos contra o aumento das passagens de ônibus (30/06/1987)

Revoltados com o aumento do preço da passagem do ônibus, manifestantes tomam as ruas, incendeiam e quebram ônibus. Mais de 50 pessoas ficaram feridas durante os protestos.

Heranças de Mãe África

Heranças de Mãe África (01/01/1987)

Localizada no bairro da Saúde – onde também se encontra a Comunidade Remanescentes de Quilombos –, Pedra do Sal é definitivamente tombada como patrimônio material da cidade do Rio de Janeiro, em 11 de maio de 1987.

Picaretaço

Picaretaço (01/01/1987)

Picaretaço

Cinemas do subúrbio

Cinemas do subúrbio (01/01/1986)

Cinema Imperator e Cine Vaz encerram suas atividades de exibição

Ocorre a primeira edição do Rock in Rio

Ocorre a primeira edição do Rock in Rio (11/01/1985)

Show de Ney Matogrosso no dia 11 de janeiro de 1985 abre a primeira edição do Rock in Rio, que durou dez dias e contou com a participação de bandas como Queen, Iron Maiden e AC/DC.

Comício da Candelária – Diretas Já

Comício da Candelária – Diretas Já (01/01/1984)

Comício da Candelária -Diretas Já

O samba que vem das escolas

O samba que vem das escolas (01/01/1984)

Sambódromo da Marquês de Sapucaí é inaugurado em 1984, com o nome oficial de Passarela Professor Darcy Ribeiro.

Circo Voador: a polifonia da nave

Circo Voador: a polifonia da nave (01/01/1982)

Em outubro de 1982, espaço cultural Circo Voador é inaugurado na Praia do Arpoador, em Ipanema.

Explosão no Riocentro

Explosão no Riocentro (30/04/1981)

Explosão mata um agente do DOi-CODI e fere outro, no momento em que preparavam atentado contra mais de 20 mil pessoas que estavam no show em comemoração ao 1º de maio, no Riocentro.

Sede da UNE é demolida

Sede da UNE é demolida (10/06/1980)

Prédio histórico da União Nacional dos Estudantes (UNE), no bairro do Flamengo, é demolido por determinação do governo.

Bomba explode em comício do PMDB

Bomba explode em comício do PMDB (27/01/1980)

Uma bomba explode na quadra da Escola de Samba Acadêmicos do Salgueiro, durante comício do Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB), em 27 de janeiro de 1980.

Dona Lyda Monteiro

Dona Lyda Monteiro (01/01/1980)

Três cartas-bombas explodem na sede da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), em 27 de agosto de 1980, e matam a secretária da presidência, Lyda Monteiro.

Metro Passeio

Metro Passeio (01/01/1980)

Encerramento das atividades do Cinema Metro-Passeio, na Cinelândia.

Loja Sears

Loja Sears (01/01/1980)

Inaugurada em 1949, onde é hoje o Botafogo Praia Shopping, a Sears trazia para o Brasil a tradição da maior loja de varejo dos Estados Unidos, mudando os hábitos de compras dos cariocas. Fechou as portas na década de 1980.

O charme do Rio

O charme do Rio (01/01/1980)

Em 1980 surgem os conhecidos bailes charme no subúrbio carioca,

Do tablado ao palco das ruas

Do tablado ao palco das ruas (01/01/1980)

Fundação do Grupo Tá na Rua

Fim da TV Tupi

Fim da TV Tupi (01/01/1980)

Com quase 40 anos de atividade, TV Tupi encerra suas transmissões em 1980,

Inauguração do Metro do Rio

Inauguração do Metro do Rio (01/03/1979)

Inaugurado no dia 1º de março de 1979, o Metrô do Rio de Janeiro contava com 4,3 quilômetros de trilhos ligando cinco pontos próximos da cidade.

A volta dos exilados políticos

A volta dos exilados políticos (01/01/1979)

Com o início do processo de abertura política, o presidente João Figueiredo sanciona a Lei da Anistia e os exilados começam a voltar para o Brasil, em 1979. O aeroporto do Galeão era porta de entrada para muitos retornos.

Greve dos Metalúrgicos

Greve dos Metalúrgicos (01/01/1979)

Greve dos Metalúrgicos

Incêndio no MAM

Incêndio no MAM (01/01/1978)

Após o incêndio ocorrido na madrugada de 8 de julho de 1978, Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro fica quase inteiramente destruído.

Manifestações Estudantis – PUC-Rio 1977

Manifestações Estudantis – PUC-Rio 1977 (01/01/1977)

Manifestação na PUC-Rio

Palácio Monroe

Palácio Monroe (05/04/1976)

Icônico palácio na Cinelândia é demolido em 1976.

Píer de Ipanema

Píer de Ipanema (01/01/1975)

Montado em 1971 para as obras de instalação do emissário submarino, o Píer de Ipanema tornou-se ponto de encontro da juventude e um ícone da contracultura e do surf. Sua desmontagem ocorreu quatro anos depois, em 1975.

Revista O Cruzeiro

Revista O Cruzeiro (01/01/1975)

Lançada em 1928, revista O Cruzeiro interrompe sua circulação.

Bombas em ações terroristas paramilitares e anticomunistas

Bombas em ações terroristas paramilitares e anticomunistas (01/01/1975)

Em 19 de agosto de 1976, uma bomba destrói as dependências da Associação Brasileira de Imprensa (ABI), no centro do Rio. Horas mais tarde, outro explosivo é encontrado na sede da Organização dos Advogados do Brasil (OAB).

Fusão dos estados da Guanabara e Rio de Janeiro

Fusão dos estados da Guanabara e Rio de Janeiro (01/01/1975)

A partir de 15 de marco de 1975, conforme lei promulgada no ano anterior, o antigo estado da Guanabara foi incorporado ao estado do Rio de Janeiro, retornando à condição de capital fluminense.

Voo Livre

Voo Livre (01/01/1975)

Em 1975, aconteceu o primeiro Campeonato Brasileiro de Voo Livre. Um dos principais nomes da modalidade no Brasil foi o carioca Pedro Paulo Lopes, conhecido como Pepê, que também foi campeão de surfe e praticante de hipismo.

Inauguração da Ponte Rio-Niterói

Inauguração da Ponte Rio-Niterói (04/03/1974)

Iniciada no ano de 1969, a Ponte Presidente Costa e Silva, que liga o Rio de Janeiro a Niterói, foi inaugurada em 04 de março de 1974 e é considerada uma das grandes obras da ditadura militar.

Queda do Elevado Paulo de Frontin

Queda do Elevado Paulo de Frontin (20/11/1971)

Em 20 de novembro de 1971, um trecho de 50 metros desabou sobre o cruzamento da Rua Haddock Lobo com a Avenida Paulo de Frontin, matando 29 pessoas e ferindo outras 18.

Stuart Angel

Stuart Angel (01/01/1971)

Militante da luta armada de oposição à ditadura e filho da estilista Zuzu Angel, Stuart Angel é torturado e assassinado na Base Aérea do Galeão. Sua mãe passou a denunciar a repressão até morrer num acidente de carro em 1976

Rubens Paiva

Rubens Paiva (01/01/1971)

Preso em sua própria casa no Rio, invadida pelos militares no dia 20 de janeiro de 1971, deputado federal – e uma das vozes mais expressivas de oposição à ditadura militar – é torturado e morto.

Pagode: música num fundo de quintal

Pagode: música num fundo de quintal (29/12/1970)

Fundação do grupo Fundo de Quintal nos anos 1970 marca a popularização do termo “pagode”.

Sequestro de embaixador da Suíça

Sequestro de embaixador da Suíça (07/12/1970)

Comando da Vanguarda Popular Revolucionária (VPR), chefiado pelo capitão Carlos Lamarca, sequestra no Rio de Janeiro o embaixador da Suíça, Giovanni Enrico Bucher.

Boate Sótão

Boate Sótão (01/01/1970)

Boate Sótão é inaugurada em um conhecido reduto da população LGBTQI+ no Rio de Janeiro dos anos 1970, a Galeria Alaska, em Copacabana.

Sequestro do embaixador dos EUA

Sequestro do embaixador dos EUA (01/09/1969)

Um grupo formado por militantes da Ação Libertadora Nacional (ALN) e do Movimento Revolucionário 8 de Outubro (MR-8) captura em Botafogo, o embaixador dos Estados Unidos, Charles Burke Elbrick, no dia 1º de setembro de 1969.

Circo SDRUWS

Circo SDRUWS (02/01/1969)

Instalação do Circo SDRUWS às margens da Lagoa, em frente à Favela da Catacumba.

Incêndio na Favela da Praia do Pinto

Incêndio na Favela da Praia do Pinto (01/01/1969)

Um incêndio na Praia do Pinto adianta o processo de remoção da favela, que ficava na região do Leblon desde os anos 1930.

Lotações e trólebus

Lotações e trólebus (01/01/1969)

Lotações e trólebus deixam de circular nas ruas do Rio de Janeiro

Promulgação do Ato Institucional número 5 (AI-5)

Promulgação do Ato Institucional número 5 (AI-5) (13/12/1968)

Decretado em 13 dezembro de 1968, o AI-5 inicia uma das fases mais cruentas da ditadura militar, dando poder de exceção aos governantes para punir os considerados “inimigos” do regime. O AI-5 vigorou até dezembro de 1978.

O líder estudantil Vladimir Palmeira é preso

O líder estudantil Vladimir Palmeira é preso (02/08/1968)

Presidente da União Metropolitana dos Estudantes (UME), Vladimir Palmeira é preso em Copacabana e levado para a 13ª Delegacia de Polícia, em 02 de agosto de 1968.

Ataque a artistas no Teatro Maison de France

Ataque a artistas no Teatro Maison de France (01/07/1968)

No dia 1º de julho de 1968, militantes do CCC (Comando de Caça aos Comunistas) atacam artistas da peça “O Burguês Fidalgo”, no teatro Maison de France,

Confronto entre Polícia Militar e estudantes

Confronto entre Polícia Militar e estudantes (21/06/1968)

Durante passeata do dia 21 de junho de1968, estudantes enfrentam a Polícia Miltar no centro do Rio, em um confronto que resultou em 28 mortes.

Missa de sétimo dia do Edson Luís

Missa de sétimo dia do Edson Luís (07/01/1968)

Missa de sétimo dia do Edson Luís

Jornal Correio da Manhã sofre atentado

Jornal Correio da Manhã sofre atentado (01/01/1968)

A sede do jornal Correio da Manhã sofre atentado à bomba comandado pelo CCC (Comando de Caça aos Comunistas), MAC (Movimento Anticomunista) e FAC (Frente Anticomunista).

Assassinato do estudante Edson Luís

Assassinato do estudante Edson Luís (01/01/1968)

Assassinato de Edson Luís

Passeata dos Cem Mil

Passeata dos Cem Mil (01/01/1968)

Passeata organizada pelo movimento estudantil leva mais de cem mil pessoas às ruas do Rio de Janeiro contra a ditadura militar.

Parque Shanghai

Parque Shanghai (01/01/1966)

Instalação do parque de diversões Sanghai, no bairro da Penha

Drive-Ins

Drive-Ins (01/01/1966)

Inauguração do primeiro Drive-In do Rio de Janeiro

Enchente deixa 250 mortos

Enchente deixa 250 mortos (01/01/1966)

Ocorre a pior enchente da cidade do Rio, que deixa 250 mortos, mais de 1000 feridos e 50 mil desabrigados.

Massacre da Praia Vermelha

Massacre da Praia Vermelha (01/01/1966)

Dia Nacional de Luta contra a Ditadura

Inauguração do Aterro do Flamengo

Inauguração do Aterro do Flamengo (17/10/1965)

Inauguração do Aterro do Flamengo

Bar ZiCartola

Bar ZiCartola (01/01/1965)

Aberto na Rua da Carioca em 1963, Bar ZiCartola interrompe suas atividades dois anos depois.

Estreia da peça de teatro “Liberdade, Liberdade”

Estreia da peça de teatro “Liberdade, Liberdade” (01/01/1965)

Em produção conjunta entre o Teatro de Arena e o grupo Opinião, estreia “Liberdade, Liberdade”, de Millôr Fernandes e Flávio Rangel. A peça mescla textos e canções, numa crítica direta à repressão imposta pelo golpe militar.

Protesto dos Oito do Glória

Protesto dos Oito do Glória (01/01/1965)

Protesto dos Oito do Glória

Estreia do musical “Opinião”

Estreia do musical “Opinião” (01/12/1964)

No dia 1º de dezembro de 1964, estreia o musical “Opinião” no Teatro de Arena, dirigido por Augusto Boal com Zé Keti, João do Vale e Nara Leão.

Deputado federal tem mandato cassado

Deputado federal tem mandato cassado (01/04/1964)

O deputado federal Rubens Paiva tem mandato cassado após fazer discurso na Rádio Nacional, incitando a resistência popular e pacífica ao golpe militar.

Golpe civil-militar

Golpe civil-militar (31/03/1964)

Em 31 de março de 1964, um golpe civil-militar põe fim ao governo do presidente João Goulart.

Comício da Central do Brasil

Comício da Central do Brasil (13/03/1964)

No dia 13 de março de 1964, é realizado pelo presidente João Goulart, na Central do Brasil, o comício pelas Reformas de Base, com a presença de mais de 300 mil pessoas

Revista Senhor

Revista Senhor (01/01/1964)

Lançada em 1959, Revista Senhor encerra suas atividades no ano de 1964.

Ataques à sede da UNE

Ataques à sede da UNE (01/01/1964)

Ataques à sede da UNE

Marcha da Família com Deus pela Liberdade

Marcha da Família com Deus pela Liberdade (01/01/1964)

Marcha da Família com Deus pela Liberdade

Revolta dos marinheiros

Revolta dos marinheiros (01/01/1964)

Revolta dos marinheiros

Demolição do Mercado Municipal

Demolição do Mercado Municipal (01/01/1963)

Inaugurado em 1908 com a presença do presidente Affonso Pena, o mercado municipal é demolido, restando apenas uma de suas torres – onde hoje funciona um restaurante.

Cinédia e Atlântida (produtoras de cinema)

Cinédia e Atlântida (produtoras de cinema) (01/01/1962)

Fundada em 1941, Companhia Atlântida Cinematográfica encerra suas atividades depois de quase vinte anos de existência.

Criação do estado da Guanabara

Criação do estado da Guanabara (14/04/1960)

Com os preparativos de inauguração de Brasília, em 14 de abril 1960 é criado, no território do antigo Distrito Federal, o estado da Guanabara. Nomeado pelo presidente da República, o 1o governador foi José Sette Câmara Filho

Favela do Esqueleto

Favela do Esqueleto (01/01/1960)

Em consonância com a política de remoções capitaneada pelo governador da Gunabara, Carlos Lacerda, inicia-se o processo de remoção da Favela do Esqueleto.

As profissões que se foram

As profissões que se foram (01/01/1960)

O tripeiro circulava pela cidade com uma carrocinha vendendo miúdos de porco, de vaca e aves. Reclamações começaram a aumentar a partir dos anos 1950 por causa do rastro de sangue que deixavam no caminho.

A marcha oficial da cidade do Rio de Janeiro

A marcha oficial da cidade do Rio de Janeiro (01/01/1960)

Em 5 de maio de 1960, governador do estado da Guanabara, Carlos Lacerda, promulga lei nº 5, que torna “Cidade Maravilhosa”, de André Filho, a marcha oficia da cidade do Rio de Janeiro.

Fundação do Instituto Brasileiro de Ação Democrática

Fundação do Instituto Brasileiro de Ação Democrática (20/05/1959)

É fundado, no Rio de Janeiro, o Instituto Brasileiro de Ação Democrática (IBAD), organização conservadora e anticomunista vinculada à Agência Central de Informação (CIA) estadunidense.

Fidel Castro visita o Rio

Fidel Castro visita o Rio (06/05/1959)

Em uma de suas primeiras visitas diplomáticas, chega ao Rio de Janeiro, em maio de 1959, o líder da Revolução Cubana.

Revista Fon-Fon!

Revista Fon-Fon! (01/01/1958)

Fundada em 1907 por Jorge Schmidt, deixa de circular a revista ilustrada semanal, conhecida por suas edições luxuosas.

Bossa Nova: o bim bom que vem da praia

Bossa Nova: o bim bom que vem da praia (01/01/1958)

João Gilberto lança a canção “Chega de Saudade”, de Tom Jobim e Vinicius de Moraes, e marca o início da renovação estética representada pela Bossa Nova.

Boate Vogue

Boate Vogue (14/08/1956)

Inaugurada em 1946 na avenida Princesa Isabel, em Copacabana, no dia de agosto de 1956 um incêndio põe fim à era de ouro da noite carioca.

Revolta do Bonde

Revolta do Bonde (01/01/1956)

Revolta do Bonde

Cortejo fúnebre de Carmem Miranda

Cortejo fúnebre de Carmem Miranda (12/08/1955)

Em 12 de agosto de 1955, o cortejo fúnebre da cantora Carmem Miranda arrasta uma multidão de mais de 80 mil pessoas pelas ruas do Rio de Janeiro, até o Cemitério São João Batista.

Novembrada

Novembrada (01/01/1955)

Tentativa de golpe contra a chapa eleita de Juscelino Kubitschek e João Goulart.

Motins causados pelo suicídio de Getúlio Vargas

Motins causados pelo suicídio de Getúlio Vargas (25/08/1954)

Em 25 de agosto de 1954, manifestantes ocupam as ruas da capital, destroem e incendeiam carros e exemplares dos jornais O Globo e Tribuna da Imprensa, veículos abertamente opositores ao governo de Vargas.

Suicídio de Getúlio Vargas no Palácio do Catete

Suicídio de Getúlio Vargas no Palácio do Catete (24/08/1954)

Instalação da chamada “República do Galeão”

Instalação da chamada “República do Galeão” (11/08/1954)

Em 12 de agosto de 1954, a oposição transformou o inquérito sobre o ataque a Carlos Lacerda em Inquérito Policial Militar (IPM). A investigação, comandada na base aérea do Galeão, ficou conhecida como “República do Galeão”.

Atentado na Rua Tonelero

Atentado na Rua Tonelero (05/08/1954)

Em 5 de agosto de 1954, o jornalista Carlos Lacerda – principal voz de oposição à Getúlio Vargas – sofre um atentado a tiros em frente à sua casa e fere o pé. O major Rubens Florentino Vaz, que o acompanhava, morre no local.

Inauguração do Cinema Imperator

Inauguração do Cinema Imperator (01/01/1954)

Com capacidade para 2400 pessoas, cinema no Méier exibia filmes de Elvis Presley e James Dean. Ganhou fama de lugar perigoso para moças por ser frequentado por jovens“transviados”. Hoje abriga o Centro Cultural João Nogueira

TV Tupi instala sede no antigo Cassino da Urca

TV Tupi instala sede no antigo Cassino da Urca (01/01/1953)

Magnata das comunicações no Brasil, em 1953 Assis Chateaubriand iniciou as obras de instalação da sede da TV Tupi no antigo Cassino Urca.

Teatro de Revista de Madureira

Teatro de Revista de Madureira (01/01/1952)

Com a peça “Trem de Luxo”, Teatro de Revista de Madureira abre as suas portas em abril de 1952.

Vôlei

Vôlei (06/10/1951)

O Fluminense Football Club, no Rio de Janeiro, foi um dos primeiros clubes a realizar um torneio aberto de vôlei, nos anos 20.

A Última Hora

A Última Hora (01/01/1951)

Conhecido por sua ligação com o governo de Getúlio Vargas, jornal se destacava pela inventividade de seu diretor e editor-chefe, o jornalista Samuel Wainer.

Fim das atividades da Cinédia

Fim das atividades da Cinédia (01/01/1951)

Fundado em 1930, primeiro estúdio cinematográfico do país encerra suas atividades.

Getúlio Vargas volta à presidência da República

Getúlio Vargas volta à presidência da República (03/10/1950)

Eleito democraticamente no dia 3 de outubro de 1950, Getúlio Vargas retornar ao cargo de presidente do Brasil.

A seleção uruguaia derrota a seleção brasileira em final da Copa do Mundo no Maracanã

A seleção uruguaia derrota a seleção brasileira em final da Copa do Mundo no Maracanã (06/07/1950)

Ocorrido no dia 16 de julho de 1950, episódio conhecido como “Maracanazo”, consagrou o Uruguai como campeão da Copa do Mundo de 1950.

Morro Santo Antônio

Morro Santo Antônio (01/01/1950)

É demolido.

Campanha “O petróleo é nosso”

Campanha “O petróleo é nosso” (01/01/1948)

Campanha “O petróleo é nosso”

Cassino da Urca

Cassino da Urca (01/01/1946)

Aberto em 1933, o famoso Cassino da Urca fecha suas portas após decreto-lei do presidente Eurico Gaspar Dutra, de 30 de abril de 1946, proibindo os jogos de azar.

Eleições gerais

Eleições gerais (02/12/1945)

Eurico Gaspar Dutra derrota Eduardo Gomes nas eleições gerais e é eleito Presidente da República em 2 de dezembro de 1945.

Comício reúne milhares de pessoas no Largo da Carioca em favor de Vargas

Comício reúne milhares de pessoas no Largo da Carioca em favor de Vargas (20/11/1945)

Multidão manifesta apoio a Vargas em torno da frase “Nós queremos Getúlio” e inaugura o movimento que ficou conhecido como “queremismo”.

Deposição de Getúlio Vargas

Deposição de Getúlio Vargas (29/10/1945)

Em 29 de outubro de 1945, Getúlio Vargas é deposto pelo alto comando do Exército e deixa o Palácio do Catete em direção a São Borja, sua cidade natal no Rio Grande do Sul.

Desfile dos pracinhas brasileiros

Desfile dos pracinhas brasileiros (18/07/1945)

Em 18 de julho de 1945, brasileiros que combateram na Itália pela Força Expedicionária Brasileira (FEB) receberam homenagens de cerca de 500 mil pessoas que compareceram ao desfile na Avenida Rio Branco.

Luiz Carlos Prestes discursa em comício lotado

Luiz Carlos Prestes discursa em comício lotado (23/05/1945)

Em comício organizado pelo Partido Comunista Brasileiro (PCB) em 23 de maio de 1945, Luiz Carlos Prestes discursa para mais de 100 mil pessoas no Estádio de São Januário.

Inauguração do edifício sede do Ministério da Educação

Inauguração do edifício sede do Ministério da Educação (01/01/1945)

O projeto do edifício contou com a participação de arquitetos renomados, incluindo Lúcio Costa, Oscar Niemeyer e Le Corbusier. Oficialmente inaugurado em 1945, é considerado um marco da arquitetura modernista no Brasil.

Inauguração da Avenida Presidente Vargas

Inauguração da Avenida Presidente Vargas (07/09/1944)

Em 07 de setembro de 1944, a Avenida Presidente Vargas é inaugurada para ligar o centro da cidade à zona norte. A obra custou 270 mil contos de réis – uma grande fortuna na época

Fundação do Teatro Experimental do Negro

Fundação do Teatro Experimental do Negro (13/10/1943)

Em 13 de outubro de 1944 é fundado o Teatro Experimental do Negro, iniciativa do economista e ator Abdias do Nascimento. A principal proposta era valorizar socialmente o negro e a cultura afro-brasileira, com educação e arte

Magazine Parc Royal

Magazine Parc Royal (09/07/1943)

Incêndio no Magazine Parc Royal

Assinatura da Consolidação das Leis do Trabalho

Assinatura da Consolidação das Leis do Trabalho (01/05/1943)

Diante de 100 mil pessoas, Getúlio Vargas assina a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) durante as comemorações do Dia do Trabalhador (1º de maio de 1943), na Esplanada do Castelo.

Processo de “moralização” da Lapa

Processo de “moralização” da Lapa (01/01/1942)

O chefe de polícia Alcides Etchegoyen inicia o chamado processo de “moralização” da Lapa, fechando bares, boates e expulsando boêmios da região.

Inauguração do Cine Vaz Lobo

Inauguração do Cine Vaz Lobo (05/01/1941)

Uma sala de cinema com 1.800 lugares é inaugurada na zona norte do Rio em 5 de janeiro de 1941. As atividades do Cine Vaz Lobo se encerraram em 1986, mas 20 anos depois, uma mobilização popular impediu a demolição do prédio.

Inauguração do Cinema Carioca e do Cine Metro-Tijuca, na Praça Saens Peña

Inauguração do Cinema Carioca e do Cine Metro-Tijuca, na Praça Saens Peña (01/01/1941)

Considerado uma pérola arquitetônica do estilo art-déco, o Cinema Carioca tem sua fachada em Mármore Carrara e é o único cinema tombado da Tijuca. Hoje abriga uma igreja evangélica.

Instituição do Salário Mínimo

Instituição do Salário Mínimo (01/01/1940)

Com a presença de Getúlio Vargas, Salário Mínimo é instituído em cerimônia no Estádio do Vasco da Gama no dia 1º de maio de 1940, Dia do Trabalhador.

Ataque ao Palácio da Guanabara

Ataque ao Palácio da Guanabara (11/05/1938)

Em 11 de maio de 1938, integralistas comandados pelo tenente Severo Founier atacam o Palácio Guanabara, residência do presidente e sua família.

Levante integralista

Levante integralista (01/01/1938)

Levante integralista contra Getúlio Vargas

Ditadura do Estado Novo

Ditadura do Estado Novo (10/11/1937)

Em 10 de novembro de 1937, tropas enviadas por Getúlio Vargas cercam o Palácio Monroe, sede do Senado, e o Congresso Nacional é dissolvido. O golpe de Estado dá início à ditadura do Estado Novo.

Golpes militares na República Nova

Golpes militares na República Nova (10/11/1937)

Golpe que instituiu o Estado Novo

Fundação da UNE

Fundação da UNE (11/08/1937)

Em 22 de dezembro de 1938 é fundada a União Nacional dos Estudantes, que passa a contar com sede no icônico prédio da Praia do Flamengo, 132, onde antes funcionava o Clube Germânia

Fundação da Universidade do Brasil

Fundação da Universidade do Brasil (05/07/1937)

Dando continuidade à antiga Universidade do Rio de Janeiro, criada em 1920, em 5 de julho de 1937 é fundada a Universidade do Brasil.

Criação do Museu Nacional de Belas Artes

Criação do Museu Nacional de Belas Artes (01/01/1937)

Criado pelo ministro da educação Gustavo Capanema em 13 de janeiro de 1937, Museu Nacional de Belas Artes foi inaugurado apenas mais tarde, em 19 de agosto de 1938.

Prestes e Olga Benário são presos

Prestes e Olga Benário são presos (05/03/1936)

Os comunistas Luís Carlos Prestes e Olga Benário são presos no subúrbio do Rio de Janeiro, em 5 de março de 1936.

Presos políticos são julgados no Rio

Presos políticos são julgados no Rio (01/03/1936)

O escritor Graciliano Ramos e outros 115 presos políticos chegam a Rio para serem julgados.

Entre bandas, frequências e locuções

Entre bandas, frequências e locuções (01/01/1936)

Ao som de “Luar do sertão”, de Catulo da Paixão Cearense e João Pernambuco, em 12 de setembro de 1936. é inaugurada a Rádio Nacional do Rio de Janeiro.

Cidade Maravilhosa

Cidade Maravilhosa (01/01/1935)

O musicista Antônio André de Sá Filho compõe a marchinha “Cidade Maravilhosa”

Insurreição Comunista

Insurreição Comunista (01/01/1935)

Insurreição Comunista

Nova Constituição é promulgada pela Assembleia Nacional Constituinte

Nova Constituição é promulgada pela Assembleia Nacional Constituinte (16/07/1934)

Promulgada em 16 de julho de 1934, nova constituição durou apenas 3 anos e foi substituída em 1937.

Primeira biblioteca infantil

Primeira biblioteca infantil (15/08/1933)

A escritora Cecilia Meireles inaugura a primeira biblioteca infantil do Rio, em 15 de agosto de 1933.

Cristo Redentor

Cristo Redentor (13/10/1931)

Em 12 de outubro de 1931 é inaugurada a estátua do Cristo Redentor no morro do Corcovado, a 709 metros acima do nível do mar e com vista para a maior parte da cidade do Rio.

Interventor do Rio de Janeiro

Interventor do Rio de Janeiro (01/09/1931)

Pedro Ernesto é nomeado interventor do Rio de Janeiro em 1 de setembro de 1931.

Posse de Getúlio Vargas

Posse de Getúlio Vargas (03/11/1930)

Em 3 de novembro de 1930, Getúlio Vargas recebe posse como Chefe do Governo Provisório da República. Neste mesmo dia, o Congresso Nacional é dissolvido e estados começam a sofrer intervenção do governo central.

Enterro de João Pessoa no Rio

Enterro de João Pessoa no Rio (26/07/1930)

Candidato paraibano a vice-presidente na chapa de Getúlio Vargas é assassinado em Recife por seu adversário, João Dantas, no dia 26 de julho de 1930 e enterrado na cidade do Rio de Janeiro.

Praia da Saudade

Praia da Saudade (01/01/1930)

Praia da Saudade é aterrada para a construção do Iate Clube do Rio de Janeiro.

O Paiz

O Paiz (01/01/1930)

Incêndio na sede d’O Paiz faz com que o jornal fundado em 1884 pare de circular.

Plano Agache

Plano Agache (01/01/1930)

Conclusão do plano de remodelação urbana do Rio, elaborado pelo arquiteto francês Alfredo Agache a pedido do prefeito Antônio Prado Júnior.

Comício da Aliança Liberal

Comício da Aliança Liberal (01/01/1930)

Mais de 100 mil se reúnem na Esplanada do Castelo em comício para ouvir o candidato da oposição, Getúlio Vargas.

Deposição de Washington Luís

Deposição de Washington Luís (01/01/1930)

Em 24 de outubro de 1930, é decretada a prisão de Washington Luís no Palácio do Catete.

Surge o quilombo de Sacopã

Surge o quilombo de Sacopã (01/01/1929)

Quilombo Sacopã é constituído com a chegada dos avós da família Pinto na área de 18,8 mil m² cedida por seus patrões, às margens da Lagoa Rodrigo de Freitas, no Rio de Janeiro.

Inaugurada a Rio-Petrópolis

Inaugurada a Rio-Petrópolis (25/08/1928)

Em 25 de agosto de 1928, o presidente Washington Luís inaugura a rodovia Rio-Petrópolis, respondendo a críticas sobre a precariedade de acesso à cidade imperial.

Os outros sons do samba

Os outros sons do samba (01/01/1928)

Um toc toc que sustenta a euforia: Ismael Silva funda a “Deixa Falar”, primeira escola de Samba do Rio.

Exposição Universal

Exposição Universal (01/01/1922)

Comemorações dos 100 anos da Independência do Brasil

Revolta dos 18 do Forte

Revolta dos 18 do Forte (01/01/1922)

Revolta dos 18 do Forte

Morro do Castelo

Morro do Castelo (01/01/1920)

Com a primeira etapada do desmonte iniciada em 1905, o Morro do Castelo desaparece por completo em 1920

Natação

Natação (01/01/1920)

O Brasil compete nas provas de natação desde sua estreia em Jogos Olímpicos, em 1920, mas a primeira piscina olímpica do país só seria inaugurada em 1935.

Boxe

Boxe (01/01/1919)

Após assistir a uma luta do marinheiro Góes Neto, em 1919, um sobrinho do presidente Rodrigues Alves se apaixona pelo esporte.

O Carnaval invade as ruas

O Carnaval invade as ruas (01/01/1918)

Surge o Cordão do Bola Preta, mais antigo bloco de carnaval do Rio de Janeiro.

Gripe Espanhola

Gripe Espanhola (01/01/1918)

Epidemia conhecida como “influenza hespanhola” vem de navio da Europa e desembarca no porto da cidade. O Rio de Janeiro é uma das capitais mais afetadas pela doença.

Greve Geral de 1917

Greve Geral de 1917 (01/01/1917)

Greve Geral de 1917

Revolta dos Sargentos

Revolta dos Sargentos (01/01/1915)

Revolta dos Sargentos

Competição oficial dos Ranchos Carnavalescos

Competição oficial dos Ranchos Carnavalescos (01/01/1911)

Organizado pelo Jornal do Brasil, em 1911 ocorreu a primeira competição oficial dos Ranchos Carnavalescos.

Novo Porto da cidade é inaugurado

Novo Porto da cidade é inaugurado (01/01/1910)

Inaugurado em 20 de julho de 1910, novo porto fazia parte do modernização da cidade do Rio de Janeiro.

Campanha Civilista

Campanha Civilista (01/01/1910)

Campanha Civilista

Revolta da Chibata

Revolta da Chibata (01/01/1910)

Revolta da Chibata

Inauguração do Theatro Municipal do Rio de Janeiro

Inauguração do Theatro Municipal do Rio de Janeiro (14/07/1909)

Iniciado no governo de Pereira Passos, como parte do processo de reurbanização e reforma arquitetônica do Rio de Janeiro, o Theatro Municipal foi inaugurado no dia 14 de julho de 1909.

Primavera de sangue

Primavera de sangue (01/01/1909)

Primavera de sangue

O jornalista Gustavo Lacerda funda a Associação Brasileira de Imprensa (ABI)

O jornalista Gustavo Lacerda funda a Associação Brasileira de Imprensa (ABI) (07/04/1908)

O cronista João do Rio lança o livro “A alma encantadora das ruas”

O cronista João do Rio lança o livro “A alma encantadora das ruas” (01/01/1908)

Primeiro aterro sobre a Praia da Saudade

Primeiro aterro sobre a Praia da Saudade (01/01/1908)

Aterro é feito por conta da Exposição Comemorativa dos Cem Anos da Abertura dos Portos

Inauguração da Avenida Beira-Mar

Inauguração da Avenida Beira-Mar (01/01/1906)

Inaugurado em 12 de novembro de 1906, o primeiro trecho da avenida Beira Mar partia da avenida Central (atual Rio Branco) e ia até Botafogo.

Inauguração Palácio Monroe na Cinelândia

Inauguração Palácio Monroe na Cinelândia (01/01/1906)

Desmontado ao final da Exposição Universal de Saint Louis, ocorrida em 1904, a estrutura transportada para o Brasil é remontada na cidade do Rio de Janeiro para sediar a Terceira Conferência Pan-Americana.

Greve dos Sapateiros

Greve dos Sapateiros (01/01/1906)

Greve dos Sapateiros

Inauguração do tráfego na avenida Central

Inauguração do tráfego na avenida Central (01/01/1905)

Inaugurada em 7 de setembro de 1904 pelo presidente Rodrigues Alves, a avenida Central (atual avenida Rio Branco) foi entregue ao tráfego no dia 15 de novembro de 1905.

Vacina obrigatória

Vacina obrigatória (31/10/1904)

Após a grande repercussão causada pela revolta da vacina, em 31 de outubro de 1904 foi aprovada a lei que tornou obrigatória a vacina contra a varíola.

Revolta da Escola Militar da Praia Vermelha

Revolta da Escola Militar da Praia Vermelha (01/01/1904)

Revolta da Escola Militar da Praia Vermelha

Revolta da Vacina

Revolta da Vacina (01/01/1904)

Revolta da Vacina

Greve Geral de 1903

Greve Geral de 1903 (11/08/1903)

Greve Geral

Casa Edison

Casa Edison (05/08/1902)

Em 05 de agosto de 1902, a Casa Edison introduz o disco no Brasil.

Revolta das Carnes Verdes

Revolta das Carnes Verdes (01/01/1902)

Revolta das Carnes Verdes

Greve dos trabalhadores das pedreiras

Greve dos trabalhadores das pedreiras (01/01/1901)

Primeira de uma série de greves dos trabalhadores do Rio de Janeiro pela redução da jornada de trabalho de 12 para 8 horas diárias

Na marcha da irreverência

Na marcha da irreverência (01/01/1899)

Chiquinha Gonzaga compõe "Ó Abre Alas", considera a primeira marchinha carnavalesca da história

Eleição Prudente de Morais

Eleição Prudente de Morais (01/01/1894)

Prudente de Morais foi o primeiro presidente civil do Brasil republicano. Sua eleição encerra o período dos governos provisórios dos marechais Deodoro da Fonseca e Floriano Peixoto.

Revolta da Armada

Revolta da Armada (01/01/1894)

Revolta da Armada

Cabeça de Porco

Cabeça de Porco (26/01/1893)

Demolição do cortiço Cabeça de Porco

Greve dos ferroviários da Central do Brasil

Greve dos ferroviários da Central do Brasil (01/01/1892)

Com a criação do Partido Operário em 1892, dava-se início a uma extensa lista de reivindicações

Congresso é fechado

Congresso é fechado (01/01/1891)

No dia 3 de novembro de 1891, o presidente Deodoro da Fonseca assina decreto que dissolve o Congresso Nacional e instaura o estado de sítio, suspendendo as disposições da constituição sobre direitos políticos e individuais.

Promulgação da Primeira Constituição da República

Promulgação da Primeira Constituição da República (01/01/1891)

Sua elaboração começou em 1890 e foi promulgada em 2 de fevereiro de 1891. Consagrou a existência de três poderes, o Executivo, o Legislativo e o Judiciário e o regime presidencialista como forma de governo.

Política do encilhamento

Política do encilhamento (01/12/1889)

Reforma bancária promovida pelo 1o Ministro da Fazenda do período republicano, Rui Barbosa, oferece crédito livre para indústria e aumenta emissão de papel-moeda, gerando a bolha econômica e a grave crise nos anos seguintes.

Família real embarca para o exílio na Europa

Família real embarca para o exílio na Europa (16/11/1889)

Após a Proclamação da República do Brasil, a família imperial segue para o exílio na França e Áustria-Hungria, a bordo do vapor Sergipe.

Proclamação da República no Campo de Santana coloca um ponto final em 67 anos de monarquia no Brasil

Proclamação da República no Campo de Santana coloca um ponto final em 67 anos de monarquia no Brasil (15/11/1889)

O alagoano Deodoro da Fonseca, oficial mais graduado do Exército imperial, assume a chefia do Governo Provisório dos Estados Unidos do Brasil, em 15 de novembro de 1889.

Os golpes militares de uma República titubeante

Os golpes militares de uma República titubeante (15/11/1889)

Golpe militar instaura a República

Baile da Ilha Fiscal

Baile da Ilha Fiscal (09/11/1889)

O Império do Brasil promove seu primeiro e único baile oficial, ocorrido em 10 de novembro de 1889 na Ilha Fiscal. O episódio fica conhecido como o “Último Baile do Império”. Dali a 5 dias é proclamada a República no Brasil

As laranjas da Sabina

As laranjas da Sabina (01/01/1889)

Estudantes republicanos fazem manifestação em tom de deboche pelas ruas do centro do Rio de Janeiro.

Assinatura da Lei Áurea

Assinatura da Lei Áurea (13/05/1888)

Princesa Isabel assina Lei Áurea em 13 de maio de 1888 e a prática da escravidão é oficialmente abolida no Brasil.

Inaugurado o Zoológico de Vila Isabel

Inaugurado o Zoológico de Vila Isabel (01/01/1888)

Inspirado por uma visita a Paris, o Barão de Drummond inaugura o primeiro zoológico do Brasil, na zona norte do Rio de Janeiro. Foi neste zoológico que surgiu o jogo do bicho.

Guarda Negra

Guarda Negra (01/01/1888)

Grupo de libertos, simpatizantes da família real após a Lei Áurea, se reúnem em torno da “defesa da liberdade de todas as maneiras especialmente a representada por Isabel” e recebeu forte oposição de jornais republicanos.

Procissões cívicas abolicionistas

Procissões cívicas abolicionistas (01/01/1886)

Abolicionistas alteram estratégia de visibilidade e começam a promover procissões cívicas nas ruas, com o objetivo de produzir choque moral na população a partir da exposição da violência inerente ao sistema escravista.

Inaugurada a Estrada de Ferro do Corcovado

Inaugurada a Estrada de Ferro do Corcovado (01/01/1885)

Liberdade aos Sexagenários

Liberdade aos Sexagenários (01/01/1885)

Lei Saraiva-Cotegipe, também conhecida como “Lei dos Sexagenários”, concede liberdade aos escravizados com mais de 60 anos de idade.

Fundação da Confederação Abolicionista

Fundação da Confederação Abolicionista (01/01/1883)

Fundada a Confederação Abolicionista, que reuniu representantes de 14 sociedades libertadoras do país. Seu marco foi a publicação de manifesto redigido pelos abolicionistas José do Patrocínio, André Rebouças e Aristides Lobo

Escândalo do furto das jóias da Imperatriz

Escândalo do furto das jóias da Imperatriz (01/01/1882)

As joias usadas pela Imperatriz Teresa Cristina na comemoração de seus 60 anos foram roubadas poucos dias depois dos festejos. O armário foi arrombado e o cofre levado, possivelmente por um funcionário da corte.

Aprovação da Lei Saraiva

Aprovação da Lei Saraiva (01/01/1881)

A Lei instituiu a eleição direta mais excluiu analfabetos do sistema eleitoral, reduzindo drasticamente o número de eleitores.

Machado de Assis publica "Memórias póstumas de Brás Cubas"

Machado de Assis publica "Memórias póstumas de Brás Cubas" (01/01/1881)

Publicado em folhetim no ano anterior, o romance Memórias póstumas de Brás Cubas é editado em volume

Revolta do Vintém

Revolta do Vintém (01/01/1880)

Revolta popular contra o aumento de 10% no valor do bilhete dos bondes proposto pelo Visconde de Ouro Preto, então Ministro da Fazenda.

Conferências abolicionistas

Conferências abolicionistas (01/01/1880)

Conferências abolicionistas

Praia Formosa

Praia Formosa (01/01/1879)

Início das obras de aterro na região do Cais do Porto que acabaram com a Praia da Formosa.

D. Pedro II inaugura a instalação da primeira linha telefônica no Brasil

D. Pedro II inaugura a instalação da primeira linha telefônica no Brasil (01/01/1877)

Animado com a invenção de Graham Bell, D. Pedro II trouxe o telefone para o Brasil. Em 29 de novembro de 1877 inaugurou a 1a linha telefônica fora dos Estados Unidos, ligando o Palácio às residências de seus ministros.

Plano da Comissão de Melhoramento da cidade do Rio de Janeiro

Plano da Comissão de Melhoramento da cidade do Rio de Janeiro (01/01/1875)

Elaborado entre 1975 e 1976 sob a administração do engenheiro Francisco Pereira Passos, o Plano da Comissão de Melhoramento da cidade seria implementado cerca de três décadas depois, com Pereira Passos prefeito.

Depredação do jornal "A República"

Depredação do jornal "A República" (01/01/1873)

Empastelamento do jornal “A República”

Depredação do jornal “A República”

Depredação do jornal “A República” (01/01/1873)

Empastelamento do jornal “A República”

Lei do Ventre Livre

Lei do Ventre Livre (01/01/1871)

Promulgada pelo gabinete do Visconde do Rio Branco, do Partido Conservador, em 28 de setembro de 1871, a lei considerava livres todos os filhos de escravizadas nascidos a partir daquela data.

Publicação do Manifesto Republicano

Publicação do Manifesto Republicano (01/01/1870)

No dia 13 de dezembro de 1870, o Partido Republicano divulgou, no jornal A República, o Manifesto Republicano que propunha uma relativa autonomia das províncias, a laicidade do ensino e a segregação entre Estado e Igreja.

Conferências Radicais

Conferências Radicais (04/05/1869)

Conferências lotam teatros e estabelecem um novo espaço político para a exposição de assuntos de interesse coletivo.

Rede de saneamento

Rede de saneamento (01/01/1862)

O Rio de Janeiro torna-se a terceira cidade no mundo a contar com rede de esgotos, atrás de Londres e Hamburgo.

Bondes

Bondes (01/01/1859)

Inauguração, pelo imperado Pedro II, da primeira linha de veículos sobre trilhos, de tração animal (puxados por burros), ligando a Praça da Constituição à Tijuca

Inauguração da Estrada de Ferro D. Pedro II

Inauguração da Estrada de Ferro D. Pedro II (01/01/1858)

Inaugurado o primeiro trecho da Estrada de Ferro D. Pedro II – posteriormente denominada Central do Brasil –, ligando a Freguesia de Santana a Queimados. Florescem vilarejos acompanhando os trajetos da linha férrea.

José de Alencar Publica O Guarani

José de Alencar Publica O Guarani (01/01/1857)

Congresso das Sumidades Carnavalescas

Congresso das Sumidades Carnavalescas (01/01/1855)

Surge a primeira sociedade carnavalesca do Rio de Janeiro, o Congresso das Sumidades Carnavalescas.

Início da iluminação a gás no Rio de Janeiro

Início da iluminação a gás no Rio de Janeiro (01/01/1854)

Lei proíbe tráfico transatlântico de escravizados

Lei proíbe tráfico transatlântico de escravizados (01/01/1850)

Promulgada em 4 de setembro de 1850, Lei Eusébio de Queiroz proíbe definitivamente a entrada de africanos escravizados no Brasil

Epidemia de febre amarela

Epidemia de febre amarela (01/01/1850)

Primeira epidemia urbana de febre amarela no Rio de Janeiro logo se espalha para outras cidades.

Sagração de D. Pedro II como Imperador do Brasil

Sagração de D. Pedro II como Imperador do Brasil (18/07/1841)

Os festejos da sagração e da coroação aconteceram no dia 18 de julho de 1841. As comemorações encerraram-se no dia 24 de julho, com um grande baile de gala no Paço da Boa Vista.

Maioridade antecipada de D. Pedro II

Maioridade antecipada de D. Pedro II (23/07/1840)

Com a maioridade antecipada para os 15 anos de idade, em 23 de julho de 1840 tem início o primeiro reinado pessoal de D. Pedro II.

Primeiro daguerreotipo

Primeiro daguerreotipo (01/01/1840)

Louis Compte produz o primeiro daguerreotipo da América do Sul, mostrando o Largo do Paço, no Rio de Janeiro.

Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro

Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro (01/01/1838)

Inspirado no Institut Historique, fundado em Paris em 1834, em 21 de outubro de 1838 é instituído o Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro (IHGB) com sede no Rio de Janeiro.

Lei proíbe  importação de escravizados no Brasil

Lei proíbe importação de escravizados no Brasil (07/11/1831)

Promulgada em 7 de novembro de 1831, lei conhecida como “Lei Feijó” proíbe a importação de escravizados no Brasil. Mas, por não ser aplicada com rigor, foi considerada uma lei “pra inglês ver”.

Agitação do morro do Nheco

Agitação do morro do Nheco (01/04/1831)

Na noite de 25 de setembro de 1831, um grupo de mais de 30 amotinados (cativos e libertos), desce o morro do Nheco (atual Sta Teresa) e se dirige à Cidade Nova, ao som de vivas à Assembleia Constituinte e à República.

Distúrbios no Teatro Constitucional Fluminense

Distúrbios no Teatro Constitucional Fluminense (01/03/1831)

Liberais exaltados promovem protestos e manifestações em frente ao Teatro Constitucional Fluminense (atual Teatro João Caetano, na Praça Tiradentes).

Revoltas de Povo e Tropa

Revoltas de Povo e Tropa (01/02/1831)

Uma série de conflitos se seguem à revolta que culminou na abdicação de D. Pedro I, em 7 de abril de 1831, continuam até 1833.

Noite das Garrafadas

Noite das Garrafadas (11/01/1831)

Polarização política entre partidários do imperador D. Pedro I, do Partido português, e liberais do Partido Brasileiro marca quebra-quebra pelas ruas do Rio de Janeiro.

Reabertura do Parlamento

Reabertura do Parlamento (01/01/1826)

D. Pedro I reabre o Parlamento brasileiro, fechado desde 1823.

Constituição outorgada

Constituição outorgada (25/03/1824)

Em 25 de março de 1824, D. Pedro I outorga a Constituição Política do Império do Brasil. A 1a constituição brasileira, que além dos três poderes – Executivo, Legislativo e Judiciário – institui um quarto, o poder moderador

Dissolução da Assembleia Constituinte

Dissolução da Assembleia Constituinte (12/11/1823)

Na madrugada do dia 12 de novembro de 1823, as atividades da Assembleia Constituinte são interrompidas por ordem de D. Pedro I. O episódio ficou conhecido como “noite da agonia”.

Assembleia Constituinte

Assembleia Constituinte (01/01/1823)

Em 3 de maio de 1823 é instalada Assembleia Constituinte com o objetivo de elaborar uma constituição para o país recém independente

Coroação e sagração de D. Pedro I

Coroação e sagração de D. Pedro I (01/12/1822)

No dia 1 de dezembro de 1822 o então príncipe regente é coroado e torna-se o imperador D. Pedro I do Brasil.

Dia do Fico

Dia do Fico (09/01/1822)

Em 9 de janeiro de 1822, o príncipe-regente Pedro de Alcântara recebe uma carta exigindo sua volta a Portugal.Ele declina e proclama “Se é pra o bem de todos e felicidade geral da nação, estou pronto! Digam ao povo que fico"

Retorno de D. João VI a Portugal

Retorno de D. João VI a Portugal (26/04/1821)

Depois de 13 anos no Rio de Janeiro, no dia 26 de abril de 1821 D. João VI retorna a Portugal.

Criação da Academia Imperial de Belas Artes

Criação da Academia Imperial de Belas Artes (01/11/1820)

Palácio de São Cristóvão e Museu Histórico Nacional

Palácio de São Cristóvão e Museu Histórico Nacional (06/06/1818)

Em 6 de junho de 1818 é fundado o Museu Real (atual Museu Histórico Nacional), no Palácio de São Cristóvão. Duzentos anos depois, no dia 2 de setembro de 2018, um incêndio destrói grande parte de sua estrutura e acervo.

Aclamação de D. João VI

Aclamação de D. João VI (06/02/1818)

Aclamação de D. João VI no Rio de Janeiro

Chegada da chamada “Missão Artística Francesa”

Chegada da chamada “Missão Artística Francesa” (01/01/1816)

O grupo de artistas franceses era liderado por Joachim Lebreton e integrado pelos pintores Jean-Baptiste Debret e Nicolas-Antoine Taunay, pelo arquiteto Henri Victor Grandjean de Montigny, entre outros.

D. João eleva o Rio de Janeiro a sede de Reino Unido

D. João eleva o Rio de Janeiro a sede de Reino Unido (16/12/1815)

Em 16 de dezembro de 1815, o Rio de Janeiro passa a sediar o Reino Unido de Portugal, Brasil e Algarves

Fundação do Banco do Brasil

Fundação do Banco do Brasil (12/10/1808)

Fundação do primeiro banco em território do Império Português, o Banco do Brasil, em 12 de outubro de 1808.

Primeira impressão da Gazeta do Rio de Janeiro

Primeira impressão da Gazeta do Rio de Janeiro (10/09/1808)

Em 10 de setembro de 1808 é publicado o primeiro número da Gazeta do Rio de janeiro, primeiro periódico da capital do Brasil.

Primeira impressão da Gazeta do Rio de Janeiro

Primeira impressão da Gazeta do Rio de Janeiro (10/09/1808)

Em 10 de setembro de 1808 é publicado o primeiro número da Gazeta do Rio de janeiro, primeiro periódico da capital do Brasil.

Criação da Impressão Régia

Criação da Impressão Régia (13/05/1808)

É criada a Impressão Régia no Rio de Janeiro, que, após a Independência, passa a ser denominada Tipografia Nacional.

Chegada da família real portuguesa ao Rio de Janeiro

Chegada da família real portuguesa ao Rio de Janeiro (08/03/1808)

A Família Real e a Corte portuguesas chegam ao Rio de Janeiro, em 08 de março de 1808, e a partir de então a cidade torna-se sede do império português.

Abertura dos portos às nações amigas

Abertura dos portos às nações amigas (28/01/1808)

Em 28 de janeiro de 1808, o Príncipe Regente Dom João de Bragança assina, na Bahia, a carta régia abrindo os portos do Brasil ao comércio direto com as nações amigas.

Criação do Jardim Botânico

Criação do Jardim Botânico (01/01/1808)

Domingos Caldas Barbosa publica “Viola de Lereno”

Domingos Caldas Barbosa publica “Viola de Lereno” (01/01/1798)

O músico carioca Domingos Caldas Barbosa publica “Viola de Lereno”, uma coletânea de lundus e modinhas, gêneros musicais bastante populares no Rio de Janeiro do século XVIII.

Conjuração Carioca

Conjuração Carioca (01/01/1794)

Um grupo de letrados, a Sociedade Literária do Rio de Janeiro, passa a se reunir para debater e divulgar os ideias republicanos revolucionários que vinham da França.

Condenação de Tiradentes à forca

Condenação de Tiradentes à forca (01/01/1792)

Depois de 1.072 dias preso em uma fortaleza na Ilha das Cobras, Joaquim José da Silva Xavier, o Tiradentes, é enforcado no Campo de São Domingo (atual Praça Tiradentes, no centro do Rio), no dia 21 de abril de 1792.

Inaguração do Passeio Público

Inaguração do Passeio Público (01/01/1783)

Fim da construção do Passeio Público, praça projetada por Valentim da Fonseca e Silva, o Mestre Valentim.

Cais do Valongo

Cais do Valongo (01/01/1774)

Inauguração do primeiro teatro da cidade

Inauguração do primeiro teatro da cidade (01/01/1767)

Com recursos próprios, o Padre Ventura levantou um teatro particular, situado na Rua do Fogo perto do Largo do Capim (atual Presidente Vargas). Dois anos após a inauguração, o teatro do beato foi consumido por um incêndio.

Sede do Governo-Geral do Brasil

Sede do Governo-Geral do Brasil (01/01/1763)

O Rio de Janeiro torna-se sede do Governo-Geral do Brasil. O primeiro Vice-Rei do Brasil na cidade é D. Antônio Álvares da Cunha, o Conde da Cunha.

Igreja de São Joaquim

Igreja de São Joaquim (01/01/1758)

Durante a construção da linha 3 do VLT, em 2018, foram encontrados fragmentos, objetos e ossadas da igreja, construída em 1758 e demolida durante a reforma Pereira Passos, em 1904.

A comercialização de escravizados passa para o subúrbio

A comercialização de escravizados passa para o subúrbio (01/01/1758)

A comercialização de escravizados, que ocorria inicialmente no centro do Rio, passa para a região do Valongo. Alguns anos depois, o mercado ocorrerá somente neste local e o Rio se torna o maior porto de escravizados no mundo

Instalação do Tribunal da Relação

Instalação do Tribunal da Relação (01/01/1752)

Tribunal da Relação é instalado, transformando a cidade do Rio de Janeiro no novo polo jurídico da Colônia.

Inauguração dos Arcos da Lapa

Inauguração dos Arcos da Lapa (01/01/1750)

Finalização da construção do Aqueduto da Carioca, mais conhecido como Arcos da Lapa

Igreja de São Pedro dos Clérigos

Igreja de São Pedro dos Clérigos (01/01/1733)

Sua construção começou em 1733. Foi demolida pouco mais de 200 anos depois, em 1944.

Segundo ataque francês ao Rio de Janeiro

Segundo ataque francês ao Rio de Janeiro (01/01/1711)

O corsário francês René Duguay-Trouin consegue conquistar a cidade e, depois, negocia a sua devolução aos portugueses cobrando um elevado valor de resgate.

O corsário francês Jean-François Duclerc invade o Rio de Janeiro

O corsário francês Jean-François Duclerc invade o Rio de Janeiro (01/01/1710)

Convocada pelo Governador Francisco de Castro Morais, a população resiste e vence a batalha. Duclerc e 700 companheiros foram presos e outros 400 morreram durante os conflitos.

Motim de soldados veteranos da Colônia de Sacramento

Motim de soldados veteranos da Colônia de Sacramento (01/01/1705)

Soldados veteranos da Colônia de Sacramento que haviam se estabelecido no Rio de Janeiro se amotinaram por conta de um atraso de meses nos seus soldos

Proibição do comércio entre o Rio de Janeiro e a Costa da Mina

Proibição do comércio entre o Rio de Janeiro e a Costa da Mina (01/01/1702)

O rei de Portugal, D. Pedro II, proíbe o comércio de escravizados e produtos entre o Rio de Janeiro e a Costa da Mina, no continente africano,

Casa da Moeda no Rio de Janeiro

Casa da Moeda no Rio de Janeiro (01/01/1697)

Fundação da Casa da Moeda destinada a receber e taxar o ouro que escoava das Minas Gerais. Era considerado um dos mais belos prédios da cidade.

Prisão do Calabouço

Prisão do Calabouço (01/01/1693)

Alvará régio determina a construção do Calabouço

Canalização das águas do Rio Carioca

Canalização das águas do Rio Carioca (01/01/1673)

Começa a canalização das águas do rio Carioca: primeiro até o Morro do Desterro (atual Santa Tereza), depois ao Campo da Ajuda (atual Cinelândia), seguindo até o Largo de Santo Antônio (atual Largo da Carioca).

União de Irmandades

União de Irmandades (01/01/1667)

Criação da União de Irmandade de Nossa Senhora do Rosário e de São Benedito, as primeiras consagradas aos negros e pardos, escravos ou livres.

Revolta da Cachaça

Revolta da Cachaça (01/01/1660)

Senhores de engenho produtores de aguardente se rebelam contra a política fiscal imposta pelo Governador Salvador Correia de Sá e Benevides, na primeira revolta colonial a destituir um governo nomeado pelo rei de Portugal.

Pelourinho do Rio de Janeiro

Pelourinho do Rio de Janeiro (01/01/1647)

Por determinação do ouvidor Damião de Aguiar, o pelourinho é erguido na principal praça da cidade, o Largo do Carmo, antiga Várzea de Nossa Senhora do Ó,

Forte da Ilha da Laje

Forte da Ilha da Laje (01/01/1646)

Começam as obras do Forte da Ilha da Laje, para defesa da Baía de Guanabara.

Revolta popular contra os jesuítas

Revolta popular contra os jesuítas (01/01/1640)

O Governador Correia de Sá e Benevides contém a invasão do Colégio dos Jesuítas, por populares revoltados contra a execução da Bula do Papa Urbano VIII, que previa a excomunhão daqueles que escravizassem indígenas.

Saída do Morro do Castelo

Saída do Morro do Castelo (01/01/1639)

Diante do crescimento acelerado da população, a Câmara decidiu se transferir para o Terreiro do Carmo, que já contava com o Convento do Carmo e as ermidas de São José e Nossa Sra do Ó, agrupando o núcleo central da cidade.

São Francisco da Penitência

São Francisco da Penitência (01/01/1635)

Começam as obras da Igreja da Ordem Terceira de São Francisco da Penitência, junto à Igreja de Santo Antônio, no alto do Morro de Santo Antônio, atual Largo da Carioca.

Construção da ermida de Nossa Senhora da Penha

Construção da ermida de Nossa Senhora da Penha (01/01/1635)

O capitão português Baltasar de Abreu Cardoso ordena a construção de uma ermida dedicada a N.Sra da Penha no cume de um morro na sua propriedade. Depois de várias reformas no século XIX, a igreja adquiriu a atual aparência.

Igreja e Mosteiro de São Bento

Igreja e Mosteiro de São Bento (01/01/1633)

Monges beneditinos começam a construção de uma nova igreja, no alto de um morro que passou a ser chamado de Morro da Conceição, à margem da Baía de Guanabara. Em 1652, teve início as obras do mosteiro

Instituição dos quadrilheiros

Instituição dos quadrilheiros (01/01/1626)

Instituição dos quadrilheiros, dando início à organização policial da cidade.

Primeiros quilombos e mocambos

Primeiros quilombos e mocambos (01/01/1625)

Começa a aparecer os primeiros quilombos e mocambos nos arredores da cidade do Rio.

Criação da Fortaleza de São João

Criação da Fortaleza de São João (01/01/1618)

A fortaleza foi estabelecida a partir quatro baterias já existentes: São Martinho, construída em 1567; São Teodósio, de 1572; São José, de 1578; e São Diogo, de 1618.

Açúcar como moeda corrente

Açúcar como moeda corrente (01/01/1614)

O Governador Constantino de Menelau institui o açúcar como moeda corrente no Rio de Janeiro.

Construção da Rua Direita

Construção da Rua Direita (01/01/1610)

Construção da Rua Direita (atual Rua Primeiro de Março) para unir o Morro do Castelo ao Morro de São Bento.

Ermida da Candelária

Ermida da Candelária (01/01/1609)

Início da construção da Ermida da Candelária. Foi reformada diversas vezes até a a sua reinauguração em 1898, na configuração atual, como Igreja Nossa Senhora da Candelária.

Franciscanos recebem como doação o Morro de Santo Antônio

Franciscanos recebem como doação o Morro de Santo Antônio (01/01/1607)

Presentes na cidade desde 1592, os frades franciscanos receberam do Governador Martim de Sá a doação de um morro inteiro, o Santo Antônio. No ano seguinte, teve início a construção da Igreja e do Convento de Santo Antônio.

Construção do Hospital da Misericórdia

Construção do Hospital da Misericórdia (01/01/1582)

Por ordem do Governador Salvador Correia de Sá, é construído o primeiro hospital da cidade, ao pé do Morro do Castelo.

Primeiro mapa da cidade do Rio de Janeiro

Primeiro mapa da cidade do Rio de Janeiro (01/01/1579)

O cartógrafo francês Jacques Vau de Claye desenha o mapa Carte de la côté du Brésil a partir de informações recolhidas por expedições francesas baseadas na Baía de Guanabara e no Forte Coligny.

Expedição Cabo Frio

Expedição Cabo Frio (01/01/1575)

Expedição de Antonio de Salema, Governador do Rio de Janeiro, contra os franceses e os tamoios que, após a expulsão da Guanabara, haviam se refugiado na região de Cabo Frio.

Expulsão dos franceses e dos Tamoios

Expulsão dos franceses e dos Tamoios (01/01/1567)

Tropas portuguesas comandadas por Estácio de Sá – e apoiadas por índios temiminó liderados pelo cacique Arariboia – expulsam os franceses e tamoios.

Vila de São Lourenço dos Índios

Vila de São Lourenço dos Índios (01/01/1567)

O cacique Arariboia adota o nome cristão de Martim Afonso e funda a Vila de São Lourenço dos Índios (atual Niterói)

Batalha de Uruçumirim

Batalha de Uruçumirim (01/01/1567)

Em combate organizado à taba tupinambá de Uruçumirim – onde hoje fica o Morro da Glória –, Estácio de Sá é atingido por uma flecha envenenada e morre semanas depois.

A cidade de São Sebastião do Rio de Janeiro é transferida para o Morro do Castelo

A cidade de São Sebastião do Rio de Janeiro é transferida para o Morro do Castelo (01/01/1567)

Após vitória sobre os franceses e tamoios, os portugueses abandonam o aldeamento do Morro Cara de Cão e, por determinação do Governador Geral Mem de Sá, migram para o Morro do Descanso – mais conhecido como Morro do Castelo.

Batalha das Canoas

Batalha das Canoas (01/01/1566)

Novo conflito tupinambás e portugueses termina com o abandono do combate pelos indígenas e o surgimento da primeira lenda da história do Rio de Janeiro.

Fundação da Cidade de São Sebastião do Rio de Janeiro

Fundação da Cidade de São Sebastião do Rio de Janeiro (01/03/1565)

Em homenagem ao jovem soberano de Portugal, D. Sebastião, Estácio de Sá funda a cidade de São Sebastião do Rio de Janeiro, entre o Morro Cara de Cão e o Morro Pão de Açúcar, no dia 1º de março de 1565

Ataque à fortificação do morro Cara de Cão

Ataque à fortificação do morro Cara de Cão (01/01/1565)

Tupinambás atacam forte erguido a mando de Estácio de Sá.

Combate de Jabebiracica

Combate de Jabebiracica (01/01/1565)

Após nova investida contra os tupinambás, Estácio de Sá garante o progresso da ocupação portuguesa sobre a Baía de Guanabara.

Ataque tupinambá à frota de Estácio de Sá

Ataque tupinambá à frota de Estácio de Sá (01/01/1564)

Tupinambás resistem à invasão da frota liderada por Estácio de Sá à Baía de Guanabara.

Tomada do forte Coligny pelos portugueses

Tomada do forte Coligny pelos portugueses (01/01/1560)

Por ordem de Portugal, tropas lideradas por Mem de Sá tomam o principal símbolo da ocupação francesa no Rio de Janeiro.

Fundação de Henriville

Fundação de Henriville (01/01/1556)

Colonizadores franceses fundam um aldeamento em homenagem ao rei da França, Henrique II.

Revolta no forte Coligny

Revolta no forte Coligny (01/01/1556)

Colonos envolvidos na construção do Forte Coligny rebelam-se contra as condições de trabalho impostas por Villegagon.

Chegada de Villegagnon

Chegada de Villegagnon (01/01/1555)

O francês Nicolas Durand de Villegagnon chega à Baía da Guanabara com o objetivo de dominar o território e dar início à chamada “França Antártica” – uma colônia na ilha de Serigipe, atual Ilha de Villegagnon.

Casa da Pedra

Casa da Pedra (01/01/1530)

Primeira fortificação construída no território do Rio de Janeiro torna-se ponto de referência para os portugueses.

Os primeiros negócios

Os primeiros negócios (01/01/1504)

Fundação das primeiras feitorias na Baía de Guanabara e em Cabo Frio.

Franceses chegam à Baía de Guanabara

Franceses chegam à Baía de Guanabara (01/01/1504)

Com o objetivo de explorar o território e obter matéria-prima, os franceses estabelecem os primeiros contatos com os indígenas e instalam feitorias na costa brasileira.

Américo Vespúcio retorna à Baía de Guanabara

Américo Vespúcio retorna à Baía de Guanabara (01/01/1503)

A bordo de uma frota composta por seis navios, comandados por Gonçalo Coelho, Américo Vespúcio retorna à Baía de Guanabara.

Expedição de Gaspar Lemos chega à Baía de Guanabara

Expedição de Gaspar Lemos chega à Baía de Guanabara (01/01/1502)

Quando avistaram a reduzida entrada da baía, no dia 1º de janeiro de 1502, a frota – que tinha Américo Vespúcio como tripulante – julgou estar diante da foz de um rio. Daí o nome “Rio de Janeiro”.

Patrocínios

Logo da Lei de Incentivo à CulturaLogo NorsulLogo Btg PactualLogo Kasznar LeonardosLogo Adam CapitalLogo Rio PrefeituraLogo Secretaria de Cultura e Economia Criativa

Parceiros

Logo PUC RioLogo Projeto República UFMGLogo MobcomLogo Museu de Arte Moderna Rio de Janeiro

Realização

Logo Rio MemóriasLogo Baluarte CulturaLogo MINC Governo Federal
Pular para o conteúdo